Preços ao produtor na China caem em dezembro no ritmo mais lento em 10 meses
Asia

Preços ao produtor na China caem em dezembro no ritmo mais lento em 10 meses

PEQUIM (Reuters) – Os preços nos portões das fábricas da China caíram no mês passado no ritmo mais lento desde fevereiro, mostraram dados oficiais nesta segunda-feira, sugerindo que o setor industrial do país continua a registrar rápida recuperação do choque da Covid-19.

O índice de preços ao produtor recuou 0,4% em dezembro na comparação com o ano anterior, disse a Agência Nacional de Estatísticas em comunicado. A expectativa em pesquisa da Reuters era de queda de 0,8%, depois de deflação de 1,5% em novembro. Na comparação mensal, o índice subiu no ritmo mais forte em quatro anos.

Por sua vez, os preços ao consumidor voltaram a subir no mês passado sobre o ano anterior, sustentados pela recuperação dos preços dos alimentos depois de caírem em novembro pela primeira vez em mais de uma década.

O índice de preços ao consumidor subiu 0,2% na base anual, contra expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,1%. No ano de 2020, o índice teve alta de 2,5%.

Em novembro o índice havia caído 0,5%, na primeira queda desde 2009.

Uma impressionante recuperação do setor industrial da China ajudou a segunda maior economia do mundo a registrar forte recuperação do choque causado pela Covid-19 no início de 2020.

O ritmo de recuperação levou analistas a acreditarem que o banco central pode começar a retirar a política monetária frouxa, mas o presidente do Banco do Povo da China, Yi Gang, disse na sexta-feira que a China vai priorizar a estabilidade da política monetária este ano.

(Reportagem de Stella Qiu e Ryan Woo)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0A0KT-BASEIMAGE

To Top