Atendimento precoce tem de ser prioridade da Prefeitura de Manaus, diz Pazuello
Últimas Notícias

Atendimento precoce tem de ser prioridade da Prefeitura de Manaus, diz Pazuello

portalmixvalenoticias-1280x728-1

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira, 13, que “o atendimento precoce tem de ser prioridade da Prefeitura de Manaus” para conter o avanço da covid-19 no município e solucionar a crise que atinge o sistema de saúde da região. “Não tem como resolver essa situação se nós não transformarmos o atendimento precoce em prioridade”, afirmou Pazuello sobre as unidades básicas de saúde (UBS) durante pronunciamento nesta manhã para detalhar as ações da pasta no Amazonas.

Segundo o ministro, Manaus é a prioridade do Ministério da Saúde no momento.

Conforme dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), o Estado do Amazonas registrou no início desta semana 86,4% de ocupação dos leitos de UTI destinados para a covid-19 e 93,7% dos leitos de enfermaria.

Nesta quarta-feira, Pazuello anunciou 60 novos leitos para atender a população do Estado e a criação de enfermarias de campanha para reduzir a demanda dos hospitais.

De acordo com Pazuello, há em curso um trabalho, em conjunto com o Hospital Sírio-Libanês, de “desospitalização”, para que parte dos serviços de saúde e acompanhamento dos pacientes seja feito em casa.

A estimativa é que a medida disponibilize 160 leitos atualmente em uso. O ministro também anunciou a contratação de 180 novos profissionais de saúde.

Na última semana, o Estado registrou o segundo maior número de novos casos por data de diagnóstico, 11.129 na primeira semana de janeiro, contra recorde de 24 de junho de 2020 – auge da crise do sistema de saúde do Estado – de 11.758 novos casos.

To Top