Plataforma online de moda Poshmark dispara 130% na estreia na Nasdaq
Asia

Plataforma online de moda Poshmark dispara 130% na estreia na Nasdaq

(Reuters) – As ações da Poshmark dispararam mais de 130% em sua estreia no mercado de ações nesta quinta-feira, avaliando o negócio de moda online em 7,15 bilhões de dólares, destacando o otimismo dos investidores para compras online que cresceu durante a pandemia Covid-19.

As ações abriram a 97,50 dólares na Nasdaq, bem acima do preço da oferta inicial (IPO) de 42 dólares cada. A empresa levantou 277,2 milhões de dólares em seu IPO na quarta-feira.

A Poshmark, cujos membros do conselho incluem nomes como a tenista Serena Williams, estreou em uma semana que pode ser a maior em novas listagens em mais de cinco anos, enquanto as empresas buscam aproveitar ao máximo o mercado de IPO mais forte em duas décadas.

Os investidores da Poshmark incluem o ator Ashton Kutcher, a estilista e designer Rachel Zoe, a firma de investimentos SV Angel e a GGV Capital, que foi uma das primeiras investidoras da gigante de comércio eletrônico Alibaba.

Fundada em 2011 por quatro empresários, incluindo o presidente Manish Chandra, a Poshmark teve lucro líquido de 20,9 milhões de dólares nos primeiros nove meses de 2020, ante prejuízo de 33,9 milhões de dólares no mesmo período de 2019.

A empresa é um mercado online para indivíduos venderem roupas e acessórios que variam de camisetas usadas a vestidos de butique sofisticados e marcas próprias, permitindo que os compradores disputem a mercadoria.

(Reportagem de Noor Zainab Hussain)

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS AAP

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0D1EB-BASEIMAGE

To Top