Carteira de Trabalho Digital para todos no Brasil
Benefícios

Carteira de Trabalho Digital para todos no Brasil

Carteira de trabalho digital

Carteira de Trabalho Digital para todos no Brasil. Aplicativo desenvolvido pela Dataprev substitui o documento em papel e pode ser emitido só com CPF.

A Dataprev vem facilitando dia a dia a vida de milhões de brasileiros. De 2019 a 2021, a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) Digital já conta com 303,8 milhões de acessos. Já são 24,2 milhões de downloads e 34,8 milhões de usuários únicos, que representam trabalhadores atendidos.

A ferramenta é uma iniciativa da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, com a parceria tecnológica da Dataprev. A versão digital registrou um aumento expressivos de novos usuários, acessos e downloads durante a pandemia de Covid-19.

O documento pode ser acessado ou baixado pelo aplicativo. Está disponível nas versões Android e IOS. É prático e 100% gratuito.

A Dataprev mantém diariamente o esforço para expandir as informações e serviços disponíveis no aplicativo, como o Seguro-Desemprego (SD).  “Nossa principal missão é aprimorar constantemente a ferramenta para que seja cada vez mais útil ao trabalhador lá na ponta. Sem necessidade de sair de casa ou enfrentar filas, o beneficiário pode ter todas as informações na palma da mão sem qualquer burocracia”, afirmou Vitor Nascimento, líder de equipe do Departamento de Relacionamento Comercial da Dataprev.

Em 2020, a Carteira de Trabalho Digital conquistou o primeiro lugar no 24º Concurso de Inovação da Escola Nacional de Administração Pública (Enap). O documento digital também recebeu o Top 3 de serviços de governo do prêmio IBest.

CTPS e Transformação Digital

A Dataprev é uma empresa de tecnologia com sensibilidade social. O aplicativo está alinhado com a política de Transformação Digital do Governo Federal na busca por oferecer mais eficiência e melhores serviços à população.

A emissão da CTPS Digital é realizada a partir do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Ela passou a ser o único documento necessário para contratação de trabalhadores em empresas aderentes ao e-Social.

A ferramenta usa as informações das bases de dados federais. Por isso, é fundamental que o empregador esteja em dia com os registros no e-Social. Se os dados não estiverem atualizados, é preciso solicitar que o empregador envie as informações mais recentes para as bases federais.

To Top