Polícia do Capitólio dos EUA pede permanência da Guarda Nacional por mais dois meses
Elections

Polícia do Capitólio dos EUA pede permanência da Guarda Nacional por mais dois meses

Polícia do Capitólio dos EUA pede permanência da Guarda Nacional por mais dois meses

WASHINGTON (Reuters) – A Polícia do Capitólio dos Estados Unidos pediu ao Pentágono a prorrogação da missão da Guarda Nacional do país de proteger o Capitólio norte-americano por mais dois meses, afirmou uma autoridade do Departamento de Defesa à Reuters nesta quinta-feira. 

Tropas da Guarda Nacional foram destacadas para o Capitólio após o ataque do dia 6 de janeiro por apoiadores do ex-presidente Donald Trump, e cercas altas foram erguidas para ampliar o perímetro de segurança.

Há atualmente cerca de 5.200 soldados da Guarda Nacional em torno do edifício. A missão deveria se encerrar no dia 12 de março. 

“Nós deveríamos tê-los por aqui enquanto eles forem necessários”, afirmou a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, a jornalistas em sua coletiva de imprensa semanal. 

Ela também disse que o tenente-general reformado Russel Honoré submeteu recomendações preliminares para melhorias de segurança a longo prazo no complexo do Capitólio.

Pelosi não deu detalhes, mas disse que o Congresso terá de revisá-las e tomar decisões “sobre o que é viável”. O Congresso teria de aprovar financiamentos de emergência para implementar tais planos, afirmou a presidente da casa legislativa. 

A autoridade de Defesa, que falou em condição de anonimato, afirmou que a solicitação da Polícia do Capitólio havia sido recebida pelo Pentágono e seria examinada, e disse que era altamente provável que fosse aprovada.

(Reportagem de Idrees Ali e Phil Stewart; reportagem adicional de Richard Cowan)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH231K2-BASEIMAGE

To Top