CCR prevê concorrência moderada em leilões de infraestrutura no Brasil em 2021
Business

CCR prevê concorrência moderada em leilões de infraestrutura no Brasil em 2021

CCR prevê concorrência moderada em leilões de infraestrutura no Brasil em 2021

A CCR previu nesta sexta-feira disputa moderada pelas concessões de infraestrutura no Brasil em 2021, na esteira da crise provocada pela pandemia da Covi-19.

“Achamos que os concorrentes devem ser os que já conhecemos, não deve entrar ninguém novo”, disse o diretor financeiro e de relações com investidores da companhia, Waldoz Leskovar, durante teleconferência com analistas.

Para este ano, estão previstos os leilões de concessão das rodovias BR-153, BR-163, BR-381 e Via Dutra, hoje sob gestão da CCR, liga São Paulo a Rio de Janeiro.

A CCR planeja disputar a concessão das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em São Paulo, e uma nova rodada de aeroportos.

Já o presidente-executivo da companhia, Marco Antonio Souza Cauduro, disse que o foco para os próximos anos será em setores nos quais a CCR já atua (aeroportos, rodovias, mobilidade urbana) e que avalia a rentabilidade em projetos de saneamento antes de decidir se participará de licitações no setor.

“Vamos avaliar de forma muito seletiva a entrada em novos negócios”, disse Cauduro.

Os executivos acrescentaram ainda que internacionalização não é foco para CCR nos próximos anos.

A CCR anunciou na véspera que teve no quarto trimestre alta do tráfego nas rodovias que administra pela primeira vez desde o início da pandemia, refletindo menores restrições à circulação, mas teve prejuízo devido a baixa contábil.

As ações da empresa subiam 0,9% às 14h05, enquanto o Ibovespa mostrava variação positiva de 1,5%.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH2418B-BASEIMAGE

To Top