Tinha certeza que esse dia chegaria, diz Lula após anulação de condenações
Brasil

Tinha certeza que esse dia chegaria, diz Lula após anulação de condenações

Tinha certeza que esse dia chegaria, diz Lula após anulação de condenações

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira que sempre teve certeza que chegaria o dia de deixar claras as “inverdades” imputadas a ele, após a anulação de todas as condenações sofridas pelo petista no âmbito da operação Lava Jato em Curitiba.

Lula lembrou que há quase três anos se entregou à Polícia Federal para evitar figurar como fugitivo e para poder provar, da prisão, que era vítima da “maior mentira jurídica” do país.

“Tomei a decisão de me entregar porque não seria correto um homem da minha idade, com a história construída com vocês, aparecer na capa dos jornais como fugitivo”, disse Lula, na sede do sindicato dos Metalúrgicos do ABC, no início de entrevista coletiva.

“Tinha tanta confiança e tanta consciência do que estava acontecendo no Brasil, que tinha certeza que esse dia chegaria, e ele chegou”, afirmou o ex-presidente.

Lula acrescentou que não guarda mágoa porque o sofrimento enfrentando pelo povo brasileiro é maior do que ele experimentou.

Na segunda-feira, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), anulou todas as condenações impostas a Lula pela 13ª Vara Federal de Curitiba no âmbito da operação Lava Jato, medida que devolve ao petista seus direitos políticos e poderá, se mantida, embaralhar a sucessão presidencial de 2022.

(Reportagem de Leonardo Benassatto, Lisandra Paraguassu e Maria Carolina Marcello)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH29136-BASEIMAGE

To Top