Juiz de Mineápolis se recusa a transferir julgamento de ex-policial de caso Floyd
Brasil

Juiz de Mineápolis se recusa a transferir julgamento de ex-policial de caso Floyd

Juiz de Mineápolis se recusa a transferir julgamento de ex-policial de caso Floyd

O juiz encarregado do julgamento da acusação de homicídio contra Derek Chauvin, ex-policial da cidade norte-americana de Mineápolis acusado da morte de George Floyd, negou o pedido do réu para adiar ou transferir seu julgamento do condado em que ele acontece na manhã desta sexta-feira.

Eric Nelson, o principal advogado de Chauvin, queixou-se ao tribunal de que a publicidade em torno do julgamento influencia o júri dentro e nos arredores de Mineápolis, e não menos o anúncio feito pela cidade na semana passada de que pagará 27 milhões de dólares aos familiares de Floyd para encerrar seu processo de homicídio ilegal.

Peter Cahill, juiz distrital do condado de Hennepin, recusou a solicitação de Chauvin nesta sexta-feira, dizendo que adiar ou transferir o julgamento não tornaria mais fácil selecionar um júri imparcial.

“Não acho que exista algum lugar no Estado de Minnesota que não tenha sido sujeitado a uma quantidade extrema de publicidade neste caso”, disse Cahill.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2I0YS-BASEIMAGE

To Top