Queda dos preços ao consumidor no Japão perde força com alta de combustível
Asia

Queda dos preços ao consumidor no Japão perde força com alta de combustível

Queda dos preços ao consumidor no Japão perde força com alta de combustível

O ritmo das quedas anuais no núcleo dos preços ao consumidor do Japão desacelerou pelo segundo mês consecutivo em fevereiro, uma vez que o aumento dos custos dos combustíveis compensou parte da pressão de baixa nos gastos familiares devido à pandemia do coronavírus.

O núcleo dos preços ao consumidor em todo o país, que inclui derivados do petróleo mas exclui os preços dos alimentos frescos, caíram 0,4% em fevereiro na comparação com o ano anterior, mostraram dados do governo nesta sexta-feira, em linha com expectativa do mercado e após recuo de 0,6% em janeiro.

“A inflação se recuperou mais em fevereiro devido principalmente à aceleração na inflação da energia e deve continuar a se recuperar nos próximos meses conforme a energia se torna um impulso significativo”, disse Tom Learmouth, economista da Capital Economics.

Eliminando o efeito o efeito de alimentos frescos e energia, os preços aos consumidor subiram 0,2% em fevereiro, depois de alta de 0,1% em janeiro, mostraram os dados.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2I0PN-BASEIMAGE

To Top