SP registra 1.389 mortes por Covid em 24 horas, recorde da pandemia
Brasil

SP registra 1.389 mortes por Covid em 24 horas, recorde da pandemia

SP registra 1.389 mortes por Covid em 24 horas, recorde da pandemia

O Estado de São Paulo registrou nesta terça-feira 1.389 mortes provocadas pela Covid-19, o maior número de óbitos diários desde o início da pandemia, que levou o total de mortos por causa do coronavírus no Estado para mais de 78 mil, de acordo com dados da Secretaria de Saúde.

De acordo com os números da pasta, São Paulo também registrou 22.794 novos casos da doença em 24 horas, e a taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva no Estado é de 90,7%.

No total, São Paulo tem 2.554.841 casos confirmados de Covid-19 e a doença matou 78.554 pessoas no Estado. São Paulo, que tem cerca de 46 milhões de habitantes, tem mais mortos por Covid-19 que a Alemanha, país de 83 milhões de habitantes e que, segundo dados da Reuters, tem 77.076 mortes provocadas pela Covid-19.

Segundo dados do Ministério da Saúde, na segunda-feira o Brasil tinha 13.013.061 casos confirmados de Covid-19 e 332.752 mortes provocadas pela doença.

O recorde de mortes registradas em São Paulo, Estado de maior população e que tem mais casos e mortes por Covid, indica que o Brasil deverá bater recorde de mortos pela doença em 24 horas quando o Ministério da Saúde divulgar os dados no final desta terça.

Os dados divulgados às terças-feiras costumam trazer casos e mortes confirmadas no fim de semana, mas que não foram registrados na data da ocorrência. Mesmo considerando isso, o recorde mostra que a pandemia segue em expansão no Brasil.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH350YV-BASEIMAGE

To Top