Pianistas disputam prêmio prestigioso tendo operador de câmera como ouvinte
Celebridades

Pianistas disputam prêmio prestigioso tendo operador de câmera como ouvinte

Pianistas disputam prêmio prestigioso tendo operador de câmera como ouvinte

Em um salão da Academia Real de Música de Londres, o pianista Yuanfan Yang interpretou peças de Frédéric Chopin, Franz Liszt e Joseph Haydn tendo um operador de câmera como único ouvinte.

O músico de 24 anos está participando da Competição Internacional de Piano de Leeds com a esperança de conquistar um júri que assistirá à apresentação em vídeo.

Realizado a cada três anos, o evento conhecido como The Leeds teve que mudar seus processos por causa da pandemia de Covid-19. Não há júri nem plateia vendo os pianistas disputarem um pacote de prêmios que encaminha carreiras.

“Achei que poderia ser um pouco desafiador no começo, mas assim que comecei a tocar, esqueci de tudo”, disse o músico nascido em Edimburgo. “Literalmente, éramos só eu e a música”.

Como existem restrições de viagem em vigor, o evento convidou cerca de 60 competidores de todo o mundo para sua primeira rodada virtual, realizada em 17 cidades.

De um competidor em Miami a 14 em Berlim, todos apresentaram seus recitais de 25 minutos nas mesmas condições: tocando um piano de cauda Steinway Modelo D com configurações de câmera idênticas.

“Percebemos muito rapidamente que não poderíamos fazê-lo da maneira que adoraríamos … com uma plateia e o júri presentes”, explicou Adam Gatehouse, diretor artístico do The Leeds, à Reuters.

Realizado pela primeira vez em 1963, o concurso oferece ao vencedor um contrato de gravação e agenciamento, recitais no Wigmore Hall de Londres e turnês internacionais.

(Por Sarah Mills; reportagem adicional de Marie-Louise Gumuchian)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH361LF-BASEIMAGE

To Top