Trigo avança em Chicago em meio a preocupações com plantio nos EUA
Agro

Trigo avança em Chicago em meio a preocupações com plantio nos EUA

Trigo avança em Chicago em meio a preocupações com plantio nos EUA

Os contratos futuros do trigo negociados em Chicago avançaram nesta quarta-feira, acompanhando os ganhos do trigo duro vermelho de primavera na bolsa de Minneapolis, em meio a temores de que o tempo seco nas Grandes Planícies dos Estados Unidos possam afetar o plantio do cereal de primavera.

O milho em Chicago subiu antes de o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) publicar, na sexta-feira, um relatório mensal de oferta e demanda, que deve apontar para fortes exportações e redução nos estoques do cereal. Já a soja recuou, à medida que a colheita progride na América do Sul.

O contrato mais ativo do trigo na bolsa de Chicago (CBOT) fechou em alta de 0,75 centavo de dólar, a 6,1625 dólares por bushel, enquanto o contrato maio do trigo de primavera em Minneapolis teve ganho de 13,50 centavos, a 6,2450 dólares o bushel.

A soja negociada na CBOT recuou 10 centavos, para 14,0875 dólares/bushel, enquanto o milho avançou 6,25 centavos, a 5,6050 dólares por bushel.

O plantio de trigo de primavera nas planícies norte-americanas e nas pradarias canadenses tem sido prejudicado pela seca extrema, que pode afetar negativamente as produtividades, disse Brian Hoops, analista sênior de mercado da Midwest Market Solutions, destacando que alguns agricultores podem desistir da semeadura do cereal.

“Eles podem adiar as decisões de plantio e mudar para a soja, mas precisam de alguma chuva”, afirmou.

(Reportagem adicional de Gus Trompiz, em Paris, e Naveen Thukral, em Cingapura)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH361NX-BASEIMAGE

To Top