Café arábica avança na ICE diante de perspectiva de ofertas apertadas
Agro

Café arábica avança na ICE diante de perspectiva de ofertas apertadas

Café arábica avança na ICE diante de perspectiva de ofertas apertadas

Os contratos futuros do café arábica negociados na ICE avançaram nesta quinta-feira, com o mercado apoiado pelas perspectivas de aperto nas ofertas nos próximos meses, já que o Brasil passa por um ano de baixa em seu ciclo bienal de produção.

Os preços do açúcar bruto também subiram.

CAFÉ

* O contrato maio do café arábica fechou em alta de 1,1 centavo de dólar, ou 0,9%, a 1,2785 dólar por libra-peso.

* Operadores disseram que o mercado segue derivando suporte das perspectivas de uma safra menor de arábica no Brasil neste ano, embora o cenário de demanda continue incerto, uma vez que a pandemia de Covid-19 segue afetando o consumo fora de casa.

* As exportações de café da Colômbia avançaram 21% em março, para 1,14 milhão de sacas, ante cerca de 948 mil sacas em março de 2020.

* O café robusta para maio avançou 16 dólares, ou 1,2%, para 1.345 dólares a tonelada.

* As atividades no mercado do Vietnã seguiram lentas nesta semana, diante de fraca demanda, enquanto na Indonésia os prêmios permaneceram elevados.

AÇÚCAR

* O contrato maio do açúcar bruto fechou em alta de 0,04 centavo de dólar, ou 0,3%, a 15,18 centavos de dólar por libra-peso.

* Operadores disseram que o mercado obteve apoio do clima adverso em vários países, incluindo a França, onde temperaturas congelantes causaram danos severos à recém-plantada beterraba sacarina.

* O Ministério da Economia da Ucrânia disse nesta quinta-feira que o país precisa importar 110 mil toneladas de açúcar neste ano, visando suprir as necessidades locais após uma baixa produção em 2020.

* O açúcar branco para maio avançou 0,80 dólar, ou 0,2%, para 424,70 dólares a tonelada.

(Reportagem de Marcelo Teixeira)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH371H2-BASEIMAGE

To Top