Artista argentino canaliza "Mão de Deus" em retratos de Maradona
Celebridades

Artista argentino canaliza “Mão de Deus” em retratos de Maradona

Artista argentino canaliza "Mão de Deus" em retratos de Maradona

Maxi Bagnasco diz que conhece os traços de Diego Maradona de cor depois de pintar retratos do astro de futebol quase diariamente desde que o campeão argentino da Copa do Mundo morreu em novembro.

O artista, que faz pinturas realistas com tinta spray em telas enormes, decidiu transformar Maradona em seu nicho depois do extravasamento de tristeza com a morte do jogador.

“Não tenho medo de se rotulado, acredito que o que todos veem de mim é a mão de Deus”, disse Bagnasco à Reuters com um sorriso, uma referência ao famoso gol de Maradona na Inglaterra no Mundial de 1986, em que a Argentina foi campeã.

“Acho que Maradona me acompanhará em outros projetos que fizer.”

Bagnasco, de 39 anos, vem usando seu celular para copiar fotos de Maradona, que na Argentina é um verdadeiro culto e onde foi apelidado de “D10S”, um trocadilho com a palavra “Deus” em espanhol e o número 10 da camisa que usava.

Em uma praça de alimentação na moda em Buenos Aires, Bagnasco exibiu cerca de vinte pinturas de Maradona, inclusive um retrato grande de uma pose famosa do atacante com a camisa azul e branca da Argentina.

Uma pintura em preto e branco mostrou um Maradona jovem com cabelo comprido caindo no rosto. Em outra, o jogador ergue a Copa do Mundo. Outra reflete o lado mais selvagem de Maradona e o mostra fumando um charuto diante de uma bandeira argentina imensa.

(Por Juan Bustamante)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759)) REUTERS ES

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3E127-BASEIMAGE

To Top