Asia

Irã vê progresso nas negociações nucleares e possível acordo provisório

Irã vê progresso nas negociações nucleares e possível acordo provisório

Por Parisa Hafezi

DUBAI (Reuters) – O Irã e as potências mundiais fizeram alguns progressos sobre como retomar o acordo nuclear de 2015, e um acordo provisório pode ser uma forma de ganhar tempo para um pacto duradouro, disseram autoridades iranianas nesta segunda-feira.

O governo iraniano e as potências estão realizando reuniões em Viena desde o início de abril para trabalhar nas medidas que precisam ser tomadas, abordando as sanções dos EUA e as recentes violações do acordo pelo Irã, a fim de trazer de volta Teerã e Washington ao pleno cumprimento do acordo.

“Estamos no caminho certo e algum progresso foi feito, mas isso não significa que as negociações em Viena chegaram ao estágio final”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Saeed Khatibzadeh, em entrevista coletiva semanal em Teerã.

“As soluções práticas ainda estão longe, mas mudamos de palavras gerais para concordar em etapas específicas em direção ao objetivo”, escreveu Mikhail Ulyanov, embaixador da Rússia na agência de vigilância nuclear da ONU (AIEA), no Twitter, nesta segunda-feira.

O governo do presidente dos EUA, Joe Biden, que assumiu o cargo em janeiro prometendo voltar ao acordo, disse que está disposto a remover “todas as sanções que são inconsistentes” com o acordo, mas não especificou quais medidas.

O regime clerical do Irã afirmou que não retornará à rígida observância do acordo de 2015, a menos que todas as sanções reimpostas ou adicionadas pelo ex-presidente dos EUA Donald Trump depois que ele abandonou o acordo em 2018 sejam retiradas primeiro.

Diplomatas dizem que medidas sequenciais de cada lado podem oferecer uma solução, enquanto autoridades iranianas declararam à Reuters que as negociações em Viena podem render um acordo provisório para dar espaço à diplomacia em um acordo duradouro.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3I1HH-BASEIMAGE

To Top