Benefícios

Você sabia que é possível obter mais de 90 serviços do INSS pela internet?

Você sabia que é possível obter mais de 90 serviços do INSS pela internet?

Há alguns não dava nem para imaginar isso, mas hoje é possível obter mais de 90 serviços do INSS pela internet. Se você precisou pedir um benefício ao INSS recentemente, com certeza já ouviu falar sobre o sistema Meu INSS.

Antigamente, para ter acesso a qualquer serviço do INSS, você precisava se dirigir a uma agência do INSS e enfrentar longas filas. Ou seja, precisava esperar várias horas até mesmo para receber um simples documento no INSS.

Mas hoje em dia é possível ter acesso a mais de 90 serviços pelo Meu INSS. Assim, praticamente todos os serviços oferecidos pelo INSS estão disponíveis na plataforma.

Isto é algo incrível, pois dificilmente você vai precisar comparecer a uma agência do INSS para ter acesso a algum serviço. É possível fazer quase tudo de casa mesmo.

Como se cadastrar no Meu INSS?

Para acessar o Meu INSS, você precisa primeiro se cadastrar no sistema. E, normalmente, é muito simples fazer isto.

Primeiro você deve acessar o site do Meu INSS. Em seguida, você deve clicar em “Cadastrar Senha”. Após, você deve clicar em “Crie sua conta gov.br“.

Após cumprir todas as etapas, você de voltar à página do Meu INSS e clicar em “Entrar“. Na sequência, você deve informar o seu CPF e a senha que acabou de criar na conta gov.br.

Agora o Meu INSS vai pedir algumas informações pessoais para que você tenha acesso ao sistema. Se você responder todas as questões corretamente, o INSS vai validar o seu acesso.

Serviços disponíveis

Ao entrar no Meu INSS, você já deve observar uma tela com os principais serviços oferecidos (chamados de “serviços em destaque”):

Além dos serviços em destaque, você terá acesso a ainda mais serviços ao navegar dentro do Meu INSS. Ainda há uma barra de pesquisa onde você pode procurar algum serviço.

Com o Meu INSS, você pode:

  • Agendar e solicitar serviços;
  • Solicitar aposentadoria, benefício por incapacidade e pensão por morte;
  • Simular aposentadoria;
  • Cumprir exigências;
  • Acompanhar seus benefícios;
  • Obter extrato de imposto de renda;
  • Validar facultativo baixa renda;
  • Pedir pensão por microcefalia;
  • Obter declaração de beneficiário do INSS;
  • Obter declaração de atividade;
  • Acompanhar extrato de pagamento;
  • Ter acesso ao extrato de contribuição (CNIS);
  • Obter extrato de empréstimo;
  • Consultar resultado de benefício por incapacidade;
  • Agendar perícia para benefícios por incapacidade;
  • Pedir benefício assistencial (BPC/LOAS);
  • Obter cópia de processo;
  • Interpor recurso;
  • Obter Certidão de Tempo de Contribuição (CTC);
  • Acessar carta de concessão;
  • Bloquear e desbloquear empréstimo;
  • Consultar calendário de pagamento;
  • Entre outras possibilidades.

Conclusão

O Meu INSS tornou a vida do cidadão muito mais fácil. Apesar disso, ainda há muitas falhas que devem ser corrigidas pelo INSS durantes os próximos anos.

Mas antes de pedir qualquer benefício, principalmente a aposentadoria, você deve ter certeza de que está pronto para isso e que este é o melhor momento para a solicitação.

Se estiver em dúvida, tente responder às seguintes perguntas:

  • Quais os documentos necessários para o meu benefício?
  • Como calcular o valor do meu benefício?
  • Qual a melhor aposentadoria para o meu caso?
  • Eu sei analisar o CNIS e corrigir as divergências identificadas?

Se você tiver certeza de que a sua resposta é sim para todas essas perguntas, provavelmente significa que você está pronto para usar o Meu INSS e não precisa de ajuda para pedir o seu benefício.

Fonte: Guia completo para acessar e usar o Meu INSS (Lemos de Miranda Advogados)

To Top