Balanços sólidos impulsionam ações europeias após BCE manter política monetária inalterada
Economia

Balanços sólidos impulsionam ações europeias após BCE manter política monetária inalterada

Balanços sólidos impulsionam ações europeias após BCE manter política monetária inalterada

As ações europeias avançaram para perto de patamares recordes nesta quinta-feira, depois de tropeçarem no começo da semana, com um conjunto de balanços corporativos fortes impulsionando o sentimento, enquanto o Banco Central Europeu (BCE) manteve, conforme o esperado, sua política monetária inalterada.

A gigante Nestlé saltou quase 3%, após reportar o maior crescimento trimestral de vendas em dez anos, enquanto o grupo de software SAP e o grupo de destilados francês Pernod Ricard também ficaram entre os ativos que subiram após a divulgação de seus resultados trimestrais.

O Credit Suisse, por sua vez, recuou 2,1%, já que o impacto do hedge fund Archegos eliminou os ganhos de um trimestre estelar para a área de operações e o fez o banco registrar um prejuízo de 757 milhões de francos suíços (825,97 milhões de dólares) antes dos impostos.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,67%, a 1.693 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,68%, a 440 pontos, estendendo os ganhos para um segundo dia consecutivo, depois que temores de uma nova onda de casos de Covid-19 levaram os mercados europeus a registrar na terça-feira seu pior dia de 2021.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,62%, a 6.938,24 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,82%, a 15.320,52 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,91%, a 6.267,28 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,98%, a 24.398,41 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,61%, a 8.656,80 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,16%, a 5.010,65 pontos.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3L13B-BASEIMAGE

To Top