Chocolateiros bascos mostram habilidade e orgulho cultural recriando "Guernica"
Celebridades

Chocolateiros bascos mostram habilidade e orgulho cultural recriando “Guernica”

Chocolateiros bascos mostram habilidade e orgulho cultural recriando "Guernica"

Um grupo de chocolateiros do País Basco, na Espanha, está criando uma versão de “Guernica”, a obra-prima de Pablo Picasso que representa o bombardeio de uma pequena cidade basca em 1937, para exibir sua habilidade e celebrar sua herança cultural.

“Guernica”, uma das pinturas mais famosas do mundo, foi a reação de Picasso ao bombardeio, realizado por aviões de guerra da Alemanha nazista e da Itália fascista para auxiliar as forças do general Francisco Franco durante a Guerra Civil Espanhola.

A pintura cubista imensa, que está exposta na galeria de arte Reina Sofia de Madri, retrata em preto e branco uma cena horripilante repleta de figuras humanas e animais em tormento.

Para muitos bascos, a lembrança do ataque e a reação artística visceral de Picasso formam parte de sua identidade cultural.

Para marcar o 85º aniversário do bombardeio, um grupo de cerca de 40 chocolateiros de uma associação local chamada Euskal Gozogileak está colaborando para produzir uma interpretação de Guernica feita de chocolate de várias cores.

“Há uma parte de sofrimento, uma parte de paz. Há uma mensagem de esperança”, disse Lorena Gomez, presidente do grupo. “Para nós, também é algo muito emblemático de nossa terra natal.”

O projeto é um desafio técnico devido à grande dimensão da obra, que tem quase 3,5 metros de altura e oito metros de comprimento. Os chocolateiros, que estão trabalhando em uma cozinha industrial na cidade pequena de Lezo, estão produzindo 14 placas de chocolate para dar conta da tarefa.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3M0ZG-BASEIMAGE

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3M0UI-BASEIMAGE

To Top