"Luz no fim do túnel": prefeito de Nova York vê reabertura total até 1º de julho
Entertainment and Lifestyle

“Luz no fim do túnel”: prefeito de Nova York vê reabertura total até 1º de julho

"Luz no fim do túnel": prefeito de Nova York vê reabertura total até 1º de julho

A cidade de Nova York pretende “reabrir totalmente” em 1º de julho depois de mais de um ano de interdições e restrições de público, disse o prefeito Bill de Blasio nesta quinta-feira, citando um progresso satisfatório na campanha de vacinação.

“Estamos prontos para reabrir a cidade de Nova York totalmente em 1º de julho”, disse De Blasio em uma coletiva de imprensa. “Agora conseguimos ver a luz no fim do túnel.”

De Blasio disse que não debateu a data de reabertura com o governador, Andrew Cuomo, mas seu anúncio vem um dia depois de Cuomo suspender restrições que abrem caminho para ressuscitar a vida noturna da metrópole. O Estado tem poder de impor ou retirar restrições a restaurantes e outros estabelecimentos.

Embora a data de 1º de julho ainda seja um ambição, o anúncio do prefeito é significativo porque Nova York é a cidade mais populosa do país e foi o epicentro inicial da pandemia quando o vírus começou a se disseminar pelos Estados Unidos no ano passado.

O prefeito disse que seu otimismo a respeito da volta iminente da cidade ao normal reflete o sucesso de uma iniciativa de vulto para vacinar os nova-iorquinos. Ele disse que 6,4 milhões de doses de vacinas foram administradas na cidade de mais de 8 milhões de habitantes.

Embora tenha admitido que a metrópole precisa fazer mais progressos nas vacinações, o prefeito disse que mais de 70% da população já recebeu ao menos uma dose de uma vacina contra o coronavírus.

“As pessoas estão aparecendo”, disse ele. “Precisamos manter o ímpeto”, acrescentou. “É exatamente assim que chegamos à reabertura total pela qual todos ansiamos.”

(Reportagem adicional de Lisa Shumaker em Chicago)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3S18Q-BASEIMAGE

To Top