Saque aniversário do FGTS com prazo para adesão
Benefícios

Saque aniversário do FGTS com prazo para adesão

saque aniversário do fgts

Saque aniversário do FGTS com prazo para adesão Os trabalhadores aniversariantes de abril com saldo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) têm até a próxima sexta-feira (dia 30), para aderir ao saque-aniversário e retirar o dinheiro ainda este ano. Pelas regras da modalidade, a adesão ao programa pode ser feita a qualquer momento. Mas para sacar no mesmo ano, o interessado deve fazer a opção até o último dia do mês de seu aniversário.

Segundo a Caixa Econômica Federal, ao todo, mais de 9,7 milhões de trabalhadores optaram pelo saque aniversário do FGTS, modalidade que está disponível desde abril de 2020. Para aderir ao saque-aniversário, o trabalhador deve fazer a opção no aplicativo do FGTS ou em uma agência da Caixa.

Por essa sistemática, o cidadão pode sacar todo ano um percentual de seu FGTS. Ele, no entanto, perde o direito de retirar o Fundo de Garantia em caso de demissão sem justa causa. O sistema não afeta outras possibilidades de saque, como compra de imóveis e aposentadoria.

Se o trabalhador não sacar o valor do saque-aniversário no prazo estabelecido no calendário, o dinheiro volta para a conta do FGTS.

Segundo a Caixa, todos os trabalhadores que optarem pelo saque-aniversário até o último dia do mês de seu aniversário podem receber o valor no mesmo ano da opção.

Veja o calendário para saques em 2021:

Nascidos em janeiro– saques de janeiro a março

Nascidos em fevereiro – saques de fevereiro a abril

Nascidos em março – saques de março a maio

Nascidos em abril – saques de abril a junho

Nascidos em maio – saques de maio a julho

Nascidos em junho – saques de junho a agosto

Nascidos em julho – saques de julho a setembro

Nascidos em agosto – saques de agosto a outubro

Nascidos em setembro – saques de setembro a novembro

Nascidos em outubro – saques de outubro a dezembro

Nascidos em novembro – saques de novembro de 2021 a janeiro de 2022

Nascidos em dezembro – saques dezembro de 2021 a fevereiro de 2022

Adesão à modalidade

A adesão à modalidade do saque-aniversário pode ser feita diretamente pelo app FGTS ou no site da Caixa. Nas plataformas, é possível indicar uma conta bancária em qualquer instituição financeira para receber o valor de modo automático.

O trabalhador que fizer essa escolha, no entanto, perde o direito de sacar o saldo total de sua conta do FGTS ao ser demitido sem justa causa. Dessa forma, só recebe na ocasião a multa de 40% em cima do valor depositado pelo empregador.

Em caso de desistência, o empregado pode retornar ao saque-rescisão — aquele em que a retirada integral ocorre em caso de demissão, doença grave, aposentadoria ou para comprar o primeiro imóvel, mas a migração só é feita dois anos após a data de adesão. Por exemplo: uma pessoa que optar pelo saque-aniversário em janeiro de 2021 e depois se arrepender, só poderá mudar de modalidade em janeiro de 2023.

Por quanto tempo o dinheiro vai ficar disponível?

Os valores ficam disponíveis para saque por um período de três meses, a contar do primeiro dia útil do mês de nascimento. Por exemplo: se a data de aniversário for dia 10 de abril, o trabalhador terá de 1º de abril até o último dia útil de junho para efetuar o saque. Caso o trabalhador não saque esse recurso, ele voltará automaticamente para a conta no FGTS.

Como fazer o saque?

Os trabalhadores podem realizar a opção no App FGTS e indicar uma conta bancária em qualquer instituição financeira para receber o valor de modo automático.

Quanto vou poder sacar todo ano?

O saque-aniversário permite o resgate de 50% do fundo para quem tem até R$ 500 na conta até 5% para quem tem acima de R$ 20 mil.

Quem tem até R$ 500 de saldo pode sacar 50% do valor do FGTS. O percentual vai caindo conforme a quantidade de dinheiro aumenta. Dependendo o saldo, é possível retirar também um adicional, conforme a tabela abaixo.

Confira valor do saque

Como consulto o saldo das contas?

É possível consultar o saldo das contas do FGTS por extrato recebido em casa, pelo site da Caixa, por aplicativo e pessoalmente nas agências da Caixa. Fonte Extra

To Top