Segurado tem até 10 anos para pedir revisão de benefício no INSS
Benefícios

Segurado tem até 10 anos para pedir revisão de benefício no INSS

Direitos do MEI no INSS: não perca benefícios e dinheiro na aposentadoria

Segurado tem até 10 anos para pedir revisão de benefício no INSS O STJ (Superior Tribunal de Justiça) publicou uma decisão determinando que a revisão de benefícios do INSS deve ocorrer em até dez anos após a concessão, mesmo que o erro no cálculo da renda mensal paga ao segurado tenha sido gerado porque o órgão deixou de analisar documentos e informações já disponíveis quando aposentadorias e pensões foram solicitadas.

Ao acabar com a possibilidade de contestação do prazo de decadência do direito à revisão devido à negligência na análise de provas capazes de aumentar a renda do beneficiário, o STJ poderá provocar prejuízos para toda a vida de milhares de aposentados e pensionistas que não pediram revisões em até dez anos após terem recebido o primeiro pagamento dos seus benefícios no INSS, segundo o advogado Rômulo Saraiva.

“A análise nem sempre ocorre a contento e o segurado, que é leigo, na maior parte das vezes, não tem orientação para apresentar o seu pedido de benefício no INSS corretamente”, diz Saraiva. “Com essa nova decisão do STJ, o erro cometido na concessão provocará prejuízo vitalício se a reanálise não for feita dentro do prazo.”

O IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário), que participou do processo na condição de amigo da corte, informou que tentará reverter a decisão, ou parte dela, por meio dos chamados embargos de declaração, um instrumento jurídico que permite solicitar explicações sobre pontos do julgamento.

To Top