Tyson Foods anuncia meta de emissões zero, mas não cumpre projeto no setor agrícola
Agro

Tyson Foods anuncia meta de emissões zero, mas não cumpre projeto no setor agrícola

Tyson Foods anuncia meta de emissões zero, mas não cumpre projeto no setor agrícola

A Tyson Foods estabeleceu nesta quarta-feira uma meta de zerar emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050, após não ter cumprido um prazo para melhorias em práticas agrícolas nos Estados Unidos, que fazia parte de um esforço anterior para cortes de emissões.

A nova meta do maior frigorífico dos EUA em termos de vendas representa a expansão de um objetivo anterior, que apontava para uma redução de emissões em 30% até 2030.

Para atingir a emissão líquida zero, a Tyson disse que vai elaborar planos para que suas operações nos EUA utilizem 50% de energias renováveis até 2030.

A empresa também pretende expandir um programa de checagem de práticas sustentáveis na produção de gado, entre outros passos.

“Acreditamos que o progresso requer responsabilidade e transparência”, disse o diretor de Sustentabilidade da companhia, John Tyson.

Há três anos, a Tyson Foods havia se comprometido a melhorar as práticas ambientais em 2 milhões de acres (809.370 hectares) nos EUA até 2020. Até agora, porém, isso só ocorreu em 408 mil acres, segundo a companhia.

A Tyson disse que agora planeja atingir sua meta de 2 milhões de acres até 2025.

A empresa não possui fazendas para produção de grãos, mas conta com grande influência sobre o setor, já que é a maior compradora de milho da indústria de carnes norte-americana.

(Tom Polansek)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5816P-BASEIMAGE

To Top