Ibovespa fecha em alta com disparada de Embraer e EUA no radar
Business

Ibovespa fecha em alta com disparada de Embraer e EUA no radar

Ibovespa fecha em alta com disparada de Embraer e EUA no radar

O Ibovespa fechou novamente com acréscimo discreto nesta quinta-feira, que teve como destaque o salto de 15,6% da Embraer após anúncio de que negocia a fusão de sua unidade de transporte aéreo urbano com uma empresa dos Estados Unidos.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,13%, a 130.076,17 pontos, tendo recuado à 129.525,89 pontos na mínima e avançado a 130.526,76 pontos na máxima. O volume financeiro somou 24,3 bilhões de reais.

A agenda norte-americana também ocupou as atenções de agentes financeiros, com um dado de inflação ao consumidor acima do esperado em maio, enquanto os pedidos de auxílio-desemprego semanais superaram um pouco as previsões.

Na visão do analista de renda variável Murilo Breder, da Easynvest by Nubank, a combinação dos números corroborou a percepção de que o Federal Reserve deve continuar sem subir o juro nos Estados Unidos tão cedo. “Isso voltou a ganhar força”, acrescentou.

Ao mesmo tempo em que o índice de preços ao consumidor subiu 0,6% no mês passado, após alta de 0,8% em abril e acima da expectativa no mercado de elevação de 0,4%, pedidos iniciais de auxílio-desemprego somaram 376.000, ante previsão de 370 mil.

Para o economista Leonardo Milane, sócio da VLG Investimentos, o mercado parece ter dado mais peso aos dados de emprego e menor pressão nos preços, favorecendo a corrente dos que veem uma pressão inflacionária temporária.

Ele ressaltou, contudo, que a reunião do Federal Reserve na próxima semana merece atenção, uma vez que a autoridade norte-americana deve dar mais detalhes sobre a sua percepção sobre a dinâmica de inflação recente. Nos EUA, o S&P 500 fechou em alta de 0,47%.

DESTAQUES

– EMBRAER ON disparou 15,61%, após anunciar que sua empresa de transporte aéreo urbano Eve iniciou discussões para uma eventual combinação de negócios com uma empresa de propósito específico de capital aberto nos EUA.

– BRASKEM PNA avançou 4,26%, ensaiando mais uma recuperação após forte queda na terça-feira, enquanto investidores continuam monitorando desdobramentos sobre a venda da participação dos controladores da petroquímica.

– LOCAWEB ON subiu 5,6%, acelerando a recuperação neste mês após correção de baixa em maio, quando acumulou queda de 9%. Na véspera, anunciou que concluiu a aquisição do sistema de gestão online Bling.

– ITAÚ UNIBANCO PN cedeu 0,36%, afastando-se das máximas registradas mais cedo, com BRADESCO PN terminando com alta de 0,18%.

– PETROBRAS PN fechou com variação de 0,07%, em dia de alta dos preços do petróleo no mercado externo. Na véspera, a petrolífera divulgou que as vendas totais de diesel cresceram 17,1% em maio.

– VALE ON cedeu 0,33%, mesmo com a alta dos futuros do minério de ferro na China. Uma decisão da Justiça do Trabalho determinou que a mineradora deverá pagar 1 milhão de reais por danos morais por cada empregado morto em razão do desastre em Brumadinho (MG).

– GOL PN terminou com declínio de 4,37%, após tocar máxima intradia em seis meses na véspera, enquanto AZUL PN subiu 0,31%, tendo no radar anúncio de que vai captar empréstimo em bônus de cinco anos no exterior.

– VIA VAREJO ON recuou 3,45%, também entre os destaques negativos, enquanto MAGAZINE LUIZA ON fechou com variação positiva de 0,05%. Mais uma vez com desempenho melhor, B2W ON valorizou-se 2,99%.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5918Z-BASEIMAGE

To Top