Últimas Notícias

Inverno terá temperaturas mais elevadas e chuvas ligeiramente abaixo da média

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O inverno, que começa à 0h32 desta segunda-feira (21), deverá apresentar temperaturas mais elevadas e chuvas ligeiramente abaixo da média da estação. A previsão também é de que aconteçam algumas ondas de frio intenso durante passagens de frentes frias. A estação termina no dia 22 de setembro.

“Agora para o final de junho há previsão de chuva durante um tempo mais significativo, coincidindo com a chegada do inverno”, disse o meteorologista do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da Prefeitura de São Paulo, Michael Pantera.

De acordo com dados de temperatura do CGE, que compila as informações desde 2004, em junho as temperaturas médias devem ficar entre 13,4 graus e 22,9. Para julho, a mínima média deve cair para 12,7 graus, aumentando para 13,4 graus e 15,2 graus em agosto e setembro, respectivamente. A máxima média pode chegar a 25,8 graus em setembro.

O tempo seco e frio exige cuidados especiais com a saúde, já que doenças da via respiratória são mais comuns nesta época do ano. “Rinite, sinusite, gripe, resfriado, otite, bronquite e pneumonia acontecem mais porque o frio provoca mudança na eliminação de muco das vias respiratórias e, com isso, maior retenção de secreção.

Além disso, as partículas de poluentes e bactérias ficam mais dispersas no ar pelo tempo mais seco, predispondo a piora da respiração e aumento de contaminação por vírus e bactérias”, disse o médico chefe do serviço de otorrinolaringologia do Hospital Universitário da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Felippe Felix.

De acordo com o médico, deve-se manter a hidratação e o ambiente umidificado seja com uso de umidificadores ou de bacias com água nos quartos. Uma alimentação saudável rica em frutas e vegetais, além de exercícios aeróbios e exposição ao sol sempre que possível também são recomendados.

“Usar soro fisiológico para hidratar as narinas de forma regular 2 a 3 vezes ao dia ajuda a prevenir otite, sinusite e outras doenças das vias aéreas”, disse Felix.

To Top