Importações de carne pela China em junho recuam 17% com enfraquecimento dos preços domésticos
Agro

Importações de carne pela China em junho recuam 17% com enfraquecimento dos preços domésticos

Importações de carne pela China em junho recuam 17% com enfraquecimento dos preços domésticos

XANGAI (Reuters) – A China importou 743 mil toneladas de carne em junho, 17% abaixo do mesmo mês do ano anterior, de acordo com dados da alfândega apresentados nesta terça-feira, com o enfraquecimento dos preços de proteína suína atingindo a demanda por importação.

As aquisições externas de carne em junho também tiveram baixa de 5,8% ante as 789 mil toneladas de maio.

Entretanto, as importações de carne na primeira metade do ano totalizaram 5,08 milhões de toneladas, de acordo com informações da Administração Geral das Alfândegas da China, acima dos 4,75 milhões de toneladas registrados nos primeiros seis meses de 2020.

Os preços domésticos da carne suína recuaram pela metade desde o início do ano, pressionados pelo grande volume de importações e à medida que a produção aumentou devido aos esforços para reabastecer e expandir as fazendas depois que a peste suína africana dizimou os rebanhos.

Os preços estavam em 21,94 yuans (3,39 dólares) por quilo na semana passada.

(Reportagem de Emily Chow)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6C16O-BASEIMAGE

To Top