Países africanos receberão primeiras vacinas contra Covid-19 doadas pelos EUA nos próximos dias
Africa

Países africanos receberão primeiras vacinas contra Covid-19 doadas pelos EUA nos próximos dias

Países africanos receberão primeiras vacinas contra Covid-19 doadas pelos EUA nos próximos dias

Quase 50 países africanos receberão 25 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 doadas pelos Estados Unidos, e as primeiras remessas irão a Burkina Faso, Djibouti e Etiópia nos próximos dias, disseram autoridades norte-americanas e a aliança de vacinas Gavi nesta sexta-feira.

O presidente dos EUA, Joe Biden, promete compartilhar 80 milhões de vacinas feitas em seu país com nações de todo o mundo para proteger os mais vulneráveis e conter a transmissão do coronavírus.

“Em parceria com a União Africana e o (programa) Covax, os Estados Unidos têm orgulho de doar 25 milhões de vacinas contra Covid-19 a 49 países africanos. O governo Biden está comprometido a liderar a reação global à pandemia fornecendo vacinas seguras e eficazes ao mundo”, disse Gayle Smith, coordenadora do Departamento de Estado para recuperação da Covid-19 e saúde global, no comunicado.

Quase 1 milhão de doses da vacina da Johnson & Johnson serão entregues a Burkina Faso, Djibouti e Etiópia nos próximos dias, acrescentou o comunicado, e o restante nas próximas semanas.

A África registrou um aumento de 43% nas mortes de Covid-19 desta semana, enquanto infecções e internações disparam e países enfrentam escassez de oxigênio e leitos de tratamento intensivo, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) na quinta-feira.

Strive Masiyiwa, enviado especial da União Africana, disse que a doação dos EUA é bem-vinda, “especialmente neste momento em que estamos testemunhando a terceira onda em vários países africanos”.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6F0TP-BASEIMAGE

To Top