Imperador Naruhito abrirá Olimpíada de Tóquio, repetindo papel do avô
Asia

Imperador Naruhito abrirá Olimpíada de Tóquio, repetindo papel do avô

Imperador Naruhito abrirá Olimpíada de Tóquio, repetindo papel do avô

O imperador Naruhito, do Japão, declarará os Jogos de Tóquio abertos nesta sexta-feira, repetindo o papel de seu falecido avô que abriu a Olimpíada de 1964 realizada na capital japonesa.

Aqueles Jogos foram abraçados com entusiasmo dentro e fora do Japão e abriram uma nova era para o país, depois de a nação emergir da devastação da Segunda Guerra Mundial a caminho de tornar-se uma potência econômica global.

Desta vez, a Olimpíada de Tóquio foi altamente complicada por causa da pandemia de Covid-19 e atingida por uma série de escândalos. Pesquisas de opinião mostram constantemente que a maioria dos japoneses é contra sediar o evento durante a pandemia.

O chefe da Agência da Casa Imperial disse no mês passado que o imperador Naruhito “parecia preocupado” sobre a possibilidade de os Jogos Olímpicos causarem a disseminação do coronavírus, como é o receio de boa parte da população.

Embora a preocupação do imperador de 61 anos tenha sido retratada como uma impressão que a autoridade teve e não como algo que ele expressou explicitamente, a rara revelação do pensamento do monarca aumentou as especulações de que ele tem receios em relação à realização do evento.

A Carta Olímpica, entretanto, estipula que os Jogos têm de ser proclamados abertos pelo chefe de Estado do país-sede, o que significa que a presença dele é exigida.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, esteve com o imperador na quinta e o assegurou que os organizadores estão fazendo tudo que podem para não trazer infecções ao país.

O monarca, educado em Oxford, deve comparecer à cerimônia sem a imperatriz Masako ou outros membros da família imperial, depois que a presença do público foi proibida.

Em 1964, quando seu avô, o imperador Hirohito, proclamou os Jogos abertos, ele estava acompanhado da imperatriz Nagako.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6M0K3-BASEIMAGE

To Top