Austrália conquista 3º ouro seguido no 4x100m livre feminino e quebra o recorde mundial
Asia

Austrália conquista 3º ouro seguido no 4x100m livre feminino e quebra o recorde mundial

Austrália conquista 3º ouro seguido no 4x100m livre feminino e quebra o recorde mundial

A Austrália conquistou o ouro olímpico no revezamento 4×100 metros livre feminino, neste domingo, pela terceira vez consecutiva, quebrando seu próprio recorde mundial.

O quarteto formado pelas irmãs Bronte e Cate Campbell, Meg Harris e Emma McKeon baixou sua marca anterior de 3min30s05, de abril de 2018, em 0,36 segundos, com um recorde mundial de 3min29s69.

O Canadá ficou com a prata, 3s09 segundos atrás das vencedoras, enquanto os Estados Unidos ficaram em terceiro e conquistaram a medalha de bronze.

Emma McKeon, terceira australiana a cair na água, impulsionou a equipe à vitória com um 51s35 que marcou a quinta parcial feminina de 100 metros mais rápido da história — apenas uma hora depois de se qualificar como a terceira mais rápida para a final dos 100 metros borboleta.

Cate Campbell participou de todas as três vitórias de revezamento da Austrália nas Olimpíada.

A vitória foi um momento agridoce para Bronte Campbell, que com pouco mais de 29 anos é a mulher australiana mais velha a ganhar uma medalha olímpica.

“Esta é provavelmente a minha última Olimpíada”, disse. “Então tirei um momento para absorver tudo, porque acontece muito rápido.”

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6O0BT-BASEIMAGE

To Top