OMS diz só ter suprimentos médicos para uma semana no Afeganistão
Africa

OMS diz só ter suprimentos médicos para uma semana no Afeganistão

OMS diz só ter suprimentos médicos para uma semana no Afeganistão

A Organização Mundial da Saúde (OMS) só tem suprimentos suficientes para uma semana no Afeganistão porque a entrega de equipamentos médicos do exterior foi impedida por restrições no aeroporto de Cabul, disse uma autoridade regional graduada nesta terça-feira.

A agência da Organização das Nações Unidas (ONU) também teme que os tumultos atuais no Afeganistão provoquem um pico de infecções de Covid-19 – os exames do vírus caíram 77% na última semana, disseram autoridades do escritório da OMS no leste do Mediterrâneo.

As autoridades da OMS, que falaram durante uma entrevista coletiva virtual, disseram que 95% das instalações de saúde afegãs continuam operando, mas que algumas funcionárias não voltaram a seus postos e algumas pacientes passaram a ter medo de sair de casa.

As entregas de mais de 500 toneladas de suprimentos médicos, incluindo equipamentos cirúrgicos e conjuntos para desnutrição grave, estão travadas por causa das restrições no aeroporto de Cabul, disse a OMS.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7N0JW-BASEIMAGE

To Top