Usinas de açúcar da Louisiana seguem fechadas após passagem do furacão Ida
Agro

Usinas de açúcar da Louisiana seguem fechadas após passagem do furacão Ida

Usinas de açúcar da Louisiana seguem fechadas após passagem do furacão Ida

Duas grandes refinarias de açúcar na Louisiana, que foram fechadas antes de o furacão Ida atingir o Estado, permaneciam fora de operação nesta terça-feira, à medida que as empresas avaliavam danos e aguardavam pela restauração de linhas de transmissão de energia.

Houve também relatos de danos às lavouras de cana-de-açúcar do Estado, segundo maior produtor do país depois da Flórida, mas serão necessários alguns dias para que agrônomos e agricultores avaliem a situação, segundo um especialista.

A refinaria Chalmette, localizada em Arabi e pertencente ao ASR Group, que produz a marca Domino, está fechada deste sexta-feira. A planta possui capacidade de produção de 7 milhões de libras-peso de açúcar refinado por dia.

“Nossas equipes começaram a inspecionar a refinaria na segunda-feira e as indicações iniciais são de que os danos são mínimos. Os funcionários atualmente estão trabalhando para restaurar a energia da refinaria”, disse o ASR Group em nota.

A empresa afirmou que usará o estoque disponível e a capacidade de refino de outras plantas para abastecer clientes enquanto trabalha para retomar as operações de Chalmette.

A Louisiana Sugar Refining também fechou sua refinaria em Gramercy no sábado. A companhia não divulgou comentários nesta terça-feira sobre o status da unidade, mas uma fonte familiarizada com a situação disse que ainda não havia sistemas de energia ou comunicação funcionando nesta terça.

Kenneth Gravois, pesquisador do AgCenter da Louisiana State University, disse que uma avaliação dos canaviais será realizada ainda nesta semana.

Um corretor de açúcar nos Estados Unidos afirmou que houve relatos de alguns canaviais destruídos.

A cana “acamada” ainda pode ser colhida se não estiver debaixo d’água, mas a operação é mais cara e difícil.

Se houver perdas de produção, o governo dos EUA poderá abrir cotas adicionais para importação de açúcar sob tarifas reduzidas.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7U10X-BASEIMAGE

To Top