Marquinhos nao admite favoritismo do Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões
Esporte

Marquinhos nao admite favoritismo do Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões

portalmixvalegoogle

O zagueiro Marquinhos admitiu, nesta terça-feira, a força do Paris Saint-Germain para disputar a Liga dos Campeões, mas não assumiu o favoritismo do time francês na competição, em entrevista coletiva, um dia antes da estreia na Bélgica, frente ao Club Brugge, pelo Grupo A. A chave ainda conta com Manchester United e Leipzig.

“Entramos em campo com o espírito de que o próximo jogo sempre é o mais importante. Quando a partida começar, não há mais estrelas em campo, você tem de se sacrificar, você não ganha uma partida com o seu nome. Não sei jogar futebol antes que o árbitro apite o início da disputa”, disse o capitão Marquinhos.

O brasileiro reconheceu que o PSG é “um dos melhores times”, mas preferiu deixar as análises para a imprensa e para os torcedores. “Eu deixo as pessoas falarem, não vou dizer que o PSG é o melhor time do mundo ou a equipe a ser vencida, deixo isso para os jornalistas e para os fãs.”

Marquinhos acrescentou que o PSG sempre tem “pressão” para vencer e a cobrança não será maior pelo fato de o ataque contar com o badalado trio formado por Messi, Neymar e Mbappé. “É verdade que as pessoas vão comentar mais nossas atuações por causa do elenco que temos. É muito bom ter jogadores assim do nosso lado, mas isso não aumenta nossa pressão, é apenas positivo.”

Sobre a companhia de Messi, que fará sua estreia pelo PSG na principal competição europeia, o defensor disse que não teve uma conversa específica com o recém-chegado, embora falem “todos os dias sobre futebol, estratégias e táticas”.

“Um capitão também deve aparecer em campo, com sua atitude, não só com a palavra, é assim que gosto de mostrar minha liderança. Mais tarde, se necessário, falaremos um dia, mas não é a hora”, finalizou o zagueiro também da seleção brasileira.

To Top