Publicitário que gravou imitação de Bolsonaro em jantar para Temer diz que país está muito sério
Últimas Notícias

Publicitário que gravou imitação de Bolsonaro em jantar para Temer diz que país está muito sério

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Elsinho Mouco, marqueteiro de Michel Temer (MDB), avalia que o Brasil está muito sério e por isso algumas pessoas têm criticado o vídeo em que o comunicador André Marinho imita o presidente Jair Bolsonaro diante de risos e aplausos de uma plateia de homens influentes.

O vídeo foi gravado por Elsinho durante jantar em homenagem à atuação de Temer durante a semana, quando ajudou Bolsonaro a compor uma carta que anuncia recuo aos ataques golpistas, a telefonar para Alexandre de Moraes e a desmobilizar os bloqueios de estradas por caminhoneiros.

No jantar, Marinho também imitou o próprio Temer, além de Donald Trump, Joe Biden, Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB).

O encontro foi na casa de Naji Nahas, amigo de Temer, em São Paulo, e contou com a presença de diversos empresários e jornalistas e do presidente do PSD, Gilberto Kassab.

“Um pouco de humor, depois de uma semana tão dura, não faz mal a ninguém. Pelo contrário, faz bem”, diz Elsinho. O material foi compartilhado por Paulo Marinho (PSDB-RJ), empresário que foi apoiador de Bolsonaro e tornou-se seu desafeto. Ele é pai de André Marinho.

“O presidente [Temer] falou: ‘gente, se isso é crise, que seja com esse humor’. Eles querem jogar o Bolsonaro contra porque queriam o impeachment. Ficaram empatados. Parte da imprensa, parte do eleitorado, do lulopetismo, do próprio Doria, de todo mundo que estava muito perdido com essa pacificação”, avalia Elsinho.

“Foi um fato político inesperado, o Temer conseguir pacificar caminhoneiros e encontrar a harmonia entre os Poderes. Foi aplaudido em restaurante, nas manifestações e também no humor. Depois de uma semana de mau humor, de tensão, vem o alívio. Estão criando uma crise que não existe”, completa.

Paulo Marinho afirma à coluna Painel, da Folha de S.Paulo, que foi apenas uma brincadeira sem maiores consequências.

“Não tem nada de relevante, foi uma brincadeira, só isso. Uma homenagem ao Temer, o Nahas é amigo dele”, diz. “As pessoas estão muito mal-humoradas. Foi um momento de relaxamento. Humor é uma coisa que faz bem, não tem nada de relevante na história. Foi um gesto, uma reverência ao Temer, que gostou”, acrescenta. “Rede social é isso, né? Faz de um episódio assim algo violento.”

“A imitação do Temer é maravilhosa, inclusive com o trejeito da mão. O Temer riu para caramba. O André é uma figuraça, um cara de pau”, conclui.

To Top