Clubes tentam outra vez derrubar permissão do STJD para público do Flamengo
Últimas Notícias

Clubes tentam outra vez derrubar permissão do STJD para público do Flamengo

portalmixvalegoogle

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – O bloco de 17 clubes que tenta derrubar a liminar que permite público nos jogos do Flamengo como mandante entrou nesta quarta-feira (15) com mais um recurso no STJD pedindo a derrubada da decisão.

O documento ao qual a reportagem do UOL teve acesso é direcionado ao relator designado para cuidar do caso no Pleno, o auditor Felipe Bevilacqua. A solicitação dos clubes (com exceção de Atlético-MG e Cuiabá) é por um efeito suspensivo ou revogação da liminar do Fla.

Outro pedido é no sentido de antecipar o julgamento do mérito da questão por parte do Pleno. O presidente do STJD, Otávio Noronha, que ontem (14) negou o pedido de reconsideração feito pelos clubes, agendou para o dia 23 a sessão de julgamento cujo um dos itens da pauta é a medida inominada inicial do Flamengo para ter torcida em seus jogos.

Se não mudar de data, a sessão acontecerá após a rodada do próximo fim de semana. O desejo do bloco de 17 clubes é que o Flamengo não entre em campo pelo Brasileirão diante de uma arquibancada cheia, já que houve uma votação com 19 participantes da Série A definindo que só será aceita presença de público na competição quando houver autorização das autoridades em todas as praças — respeitando a isonomia. O que não é o caso no momento.

No recurso voluntário entregue hoje ao STJD, os clubes pontuam que “a ausência ou demora do STJD poderia levar à paralisação do Brasileiro, que terá sua rodada do próximo fim de semana suspensa, caso se mantenha a decisão liminar favorável” ao Flamengo.

Nesta quarta, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, teve uma reunião com o presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues. O intuito dos clubes, reforçado pela negativa da reconsideração da liminar de ontem, é fazer valer a decisão de não ter jogo no fim de semana. Esse caminho é visto como extremo, mas foi votado por unanimidade na reunião do conselho técnico do dia 8.

Ao mesmo tempo, o Grêmio teve negada outra tentativa de impedir, no mesmo STJD, que o jogo desta noite, contra o Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, tenha torcida. O vice-presidente do tribunal, José Perdiz, considerou que o clube não recorreu da forma adequada — tecnicamente falando.

O Atlético-MG tem em vigor uma liminar da mesma natureza que a do Flamengo, permitindo ao clube ter torcida no estádio. Em nota divulgada hoje, o líder do Brasileirão afirmou que, se o rubro-negro colocar público na rodada do fim de semana, “fará uso da mesma prerrogativa e também terá torcida em suas partidas em casa. A decisão se baseia no fato de o Flamengo ser concorrente direto do Galo ao título da competição e, portanto, devem gozar das mesmas condições”.

To Top