Cuba pede aval da OMS a vacinas contra Covid-19 e começa imunização de crianças
Health

Cuba pede aval da OMS a vacinas contra Covid-19 e começa imunização de crianças

Cuba pede aval da OMS a vacinas contra Covid-19 e começa imunização de crianças

Cuba pedirá na quinta-feira que a Organização Mundial da Saúde (OMS) aprove três vacinas contra Covid-19, de acordo com a empresa estatal que as produz, ao mesmo tempo em que começa a administrar doses em crianças pequenas.

Rolando Pérez Rodríguez, diretor de pesquisa e desenvolvimento da BioCubaFarma, fez o anúncio durante um debate transmitido pela mídia estatal na noite de terça-feira a respeito de uma campanha de vacinação que pretende imunizar mais de 90% da população até novembro.

“Já houve alguns intercâmbios entre Havana e o escritório (da OMS) em Genebra”, disse Pérez.

“Agora começa um procedimento e um intercâmbio para avaliar a documentação entregue.”

Atualmente, a ilha comunista caribenha está vacinando a população em um dos ritmos mais velozes do mundo com os imunizantes locais Abdala, Soberana-2 e Soberana Plus, todas autorizadas por agências reguladoras domésticas para uso emergencial em meio a uma disparada da variante Delta que pressiona o sistema de saúde.

O país é o único da região que desenvolveu uma vacina contra o vírus.

Cuba diz que suas vacinas têm uma eficácia superior a 90% e que os resultados iniciais são semelhantes àqueles de outras vacinas de ponta, diminuindo consideravelmente a transmissão, as doenças graves e as mortes. Críticos, no entanto, se queixam de que tais resultados ainda não foram analisados pela comunidade científica.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH8E0XR-BASEIMAGE

To Top