Detran com dicas de pilotagem segura e técnicas de frenagem
Benefícios

Detran com dicas de pilotagem segura e técnicas de frenagem

CNH DETRAN

Detran com dicas de pilotagem segura e técnicas de frenagem O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) realizou neste sábado (18) no Sambódromo do Anhembi mais uma ação de cadastramento de profissionais ao Programa Motofretista Seguro, o Pitstop Salva Vidas. O evento foi o pontapé inicial da autarquia na Semana Nacional de Trânsito, que vai de 18 a 25 deste mês, que tem como tema é “No Trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

Neto Mascellani, diretor-presidente do Detran.SP, destacou o reconhecimento, o apoio e a gratidão aos motofretistas e a missão de salvar vidas e evitar acidentes: “dependemos de ações conjuntas como essa para termos um cenário cada vez melhor no trânsito. E a Semana Nacional de Trânsito traz esse propósito, vem para criar consciência para lembrarmos da importância do trânsito e enaltecer uma categoria que carregou o piano nesse cenário de pandemia. E o Pitstop vem para relembrar a importância da regularização e oferecer melhores condições de trabalho aos motofretistas”.

O objetivo da iniciativa é justamente ampliar o número de participantes do Motofretista Seguro. Mais de 5 mil profissionais já se inscreveram no programa. A inscrição no curso já está disponível no site https://www.motofretistaseguro.sp.gov.br/. O curso é direcionado aos cidadãos habilitados que pretendem desenvolver atividade de motofretista. Os requisitos para a inscrição são os seguintes:

1) Ter completado 21 (vinte e um) anos.

2) Estar habilitado,no mínimo, há 2 (dois) anos na categoria “A”.

3) Não estar cumprindo pena de suspensão do direito de dirigir, cassação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), decorrente de crime de trânsito, bem como estar impedido judicialmente de exercer seus direitos.

As empresas Honda e Yamaha realizaram a demonstração de técnicas de frenagem segura, além da entrega de vouchers para troca de óleo gratuito. Para Marcos Bento, Gerente de Relações Institucionais da Honda, “segurança e educação são armas importantes para termos harmonia no trânsito. A demonstração de frenagem ilustra de forma didática o que deve ser feito e o não deve ser feito a fim de evitar acidentes de motofretistas.”

Já Gerson Gomes, instrutor da Yamaha, destacou que a apresentação trouxe a importância de utilizar o freio dianteiro na frenagem e também de como evitar o ponto cego: “é importante que o condutor de moto tenha ciência de que é preciso ter muita atenção no trânsito, pois é a vida dele que está em risco. Em uma fração de segundos para acontecer um acidente. Para isso é preciso andar focado, com a posição correta e não pilotar em muita velocidade, porque o para-choque da moto é o motofretista”, conclui.

A Abraciclo disponibilizou um espaço com uma série de dinâmicas voltadas aos condutores de motos, por meio de interações temáticas sobre segurança, com vídeos educativos, esclarecimentos de dúvidas técnicas sobre pilotagem defensiva, equipamentos de segurança, manutenção e legislação, com palestras de Wilson Yasuda, da Abraciclo, e Suzane Carvalho, do Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho.

Eles apresentaram aos participantes dicas de segurança e pilotagem defensiva em duas rodas. Yasuda destacou a necessidade da mudança de comportamento em relação ao excesso de velocidade, a imprudência e o controle da ansiedade no trânsito. “Pilotar defensivamente é extremamente importante para preservar a vida do motociclista, não ter acidentes e ter uma convivência harmoniosa com outros modais. Nosso trabalho consiste em proporcionar uma mudança de atitude diante das dificuldades que serão enfrentadas no dia a dia, com respeito às leis de trânsito e sinalização a fim de executar o seu trabalho de uma maneira segura, pois esse segmento que é extremamente importante para toda a sociedade.”

Já Suzane Carvalho deu dicas valiosas para que o motofretista não sofra acidentes e chegue com segurança ao seu destino: “respeitar as regras de trânsito, respeitar o nosso corpo, se estiver cansado, pare e descanse; olhar o mais distante possível para onde você quer ir, sempre com uma velocidade compatível com a legislação e com o seu campo de visão. Se não estiver enxergando o que tem pela frente, não acelere”.  

Como nos dois pits anteriores, a Porto Seguro realizou um check-up gratuito nos itens básicos de segurança das motocicletas, incluindo freios e luzes, além da distribuição de kits com lanche e água aos participantes, além disso, foi oferecido aos interessados informações para desconto em rastreadores para suas motos.

A Anfamoto desenvolveu uma bate-papo descontraído com ações educativas em suas tendas e o iFood também focou na segurança dos motociclistas, com um espaço voltado para educação em seguros de acidentes pessoais. Além disso, o serviço de delivery distribuiu brindes aos entregadores.

O Pitstop Salva Vidas contou com o apoio da Honda, Yamaha, Porto Seguro, Abraciclo, Anfamoto, AMABR, Sindimoto, Príncipe das Entregas, Bau & Cia, CET, PM, Cptran, Sabesp e Suhai e teve como objetivo principal o foco na segurança dos motofretistas. A iniciativa deu sequência à rede de proteção lançada pelo Governo do Estado ano passado para dar o devido amparo a uma categoria profissional que tanto tem contribuído com a população durante a pandemia.

To Top