INSS: Segurado com tempo de trabalho com carteira assinada não inclusos
Benefícios

INSS: Segurado com tempo de trabalho com carteira assinada não inclusos

Como planejar a aposentadoria do empregado público

INSS: Segurado com tempo de trabalho com carteira assinada não inclusos Contadora tenta comprovar vínculo de oito meses para conseguir aposentadoria.

A contadora Wanda Aparecida de Oliveira Elias, 49 anos, de Brumadinho (MG), está enfrentando dificuldades para obter sua aposentadoria por tempo de contribuição no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A autarquia não reconheceu o vínculo empregatício de uma das empresas onde trabalhou.

A segurada trabalhou nessa empresa por oito meses. Sem a inclusão desse período em sua contagem, ela não consegue atingir o mínimo necessário para conseguir o benefício.

O pedido de aposentadoria foi feito em junho do ano passado, mas foi indeferido dois meses depois. Segundo ela, o INSS alegou que a documentação apresentada não seria suficiente para comprovar o vínculo empregatício.

“Isso é um absurdo, porque eu apresentei a carteira de trabalho e o registro já é suficiente para comprovar o vínculo”, afirma.

Segundo Wanda, uma amiga que trabalhou na mesma empresa teve problema semelhante, mas teve o contrato de trabalho reconhecido. “Não entendo o porquê dessa diferença. Parece que estão querendo ganhar tempo.”

Ela diz que o pedido foi indeferido direto e o órgão não fez antes um requerimento de informações adicionais. “Se me pedissem mais documentos eu teria mandado.”

Wanda entrou com recurso, mas espera resposta há mais de um ano. “Preciso muito dessa aposentadoria. Tive de parar de trabalhar, pois tenho fibromialgia e estava muito difícil para mim. Esse dinheiro está fazendo falta”, comenta.

Recurso ainda vai ser julgado

Por meio de nota enviada ao Agora, o INSS informa que o recurso administrativo de primeira instância apresentado por Wanda está na Junta de Recursos e ainda será examinado. Não foi informada uma data para o julgamento. A autarquia afirma que a segurada pode acompanhar o andamento do processo pelos canais remotos de atendimento, como o Meu INSS, pelo site ou aplicativo, além do telefone 135. Fonte: Agora

To Top