Buffett lidera ranking da Forbes de bilionários que mais doaram em 2021
Últimas Notícias

Buffett lidera ranking da Forbes de bilionários que mais doaram em 2021

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A revista Forbes divulgou nesta segunda (11) um ranking dos bilionários que mais doaram em 2021, com Warren Buffett e outras sete pessoas no topo da lista.

Aos 91 anos, Buffett, conhecido como o “oráculo de Omaha”, em referência à cidade natal, é considerado um dos investidores mais bem-sucedidos da história. Segundo a Forbes, apenas em junho, ele doou US$ 4,1 bilhões (o equivalente a R$ 22,62 bilhões, na cotação atual) em ações de sua empresa, a Berkshire Hathaway, à filantropia, o que levou o total de suas contribuições para US$ 44 bilhões (R$ 242,72 bilhões).

Em comunicado à revista, ele afirmou que neste ano terminou de doar metade de sua participação original na Berkshire.

John Arnold, de 47 anos, também recebeu nota cinco. Ele é ex-gerente de fundos de hedge e sua fundação distribuiu US$ 1,2 bilhão (R$ 6,62 biIhões).

MacKenzie Scott, ex-esposa de Jeff Bezos, fundador da Amazon, ficou com quatro pontos no ranking. Desde julho de 2020, ela enviou cerca de US$ 8,6 bilhões (R$ 47,4 bilhões) para cerca de 800 organizações. Por outro lado, os preços das ações da Amazon subiram para torná-la ainda mais rica do que em 2020 –sua fortuna subiu de US$ 57 bilhões (R$ 314,4 bilhões) para US$ 58,5 bilhões (R$ 322,7 bilhões).

Ela já abriu mão de 13% de sua fortuna, indicando, segundo a revista, que doou entre 10% e 19,9% de sua riqueza.

Bill Gates, fundador da Microsoft, e Melinda French Gates também receberam nota quatro. Eles anunciaram sua separação em maio deste ano, após 27 anos de união.

A Forbes estima que o agora ex-casal distribuiu mais de US$ 30 bilhões (R$ 165 bilhões) por meio da Fundação Bill & Melinda Gates e das organizações que a antecederam. Juntas, as entidades destinaram mais de US$ 60 bilhões (R$ 330,8 bilhões) em doações e subsídios.

Melinda é recém-chegada à Forbes 400 após receber bilhões em transferências de ações de seu ex-marido. As doações deles, no entanto, continuam interligadas.

Jeff Bezos, por sua vez, a pessoa mais rica da Forbes 400 pelo quarto ano consecutivo, recebeu apenas um ponto. Conforme a Forbes, o fundador da Amazon está seguindo seu compromisso feito no ano passado de doar US$ 10 bilhões (R$ 104,8 bilhões) até 2030 para combater a mudança climática, mas, até o momento, doou apenas cerca de US$ 865 milhões (R$ 4,7 bilhões).

Ao elaborar a lista, a Forbes analisou as 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos. Para saber o quão filantrópica é cada uma, a revista atribuiu uma nota de um a cinco, sendo que cinco representa os que mais doaram.

Para calcular a nota, a Forbes adicionou o valor total das doações que cada pessoa fez ao longo de sua vida ao seu patrimônio líquido de 2021 estimado. A soma das doações foi dividida por esse número e o resultado corresponde ao percentual que cada pessoa doou de seu patrimônio líquido total.

Conforme a revista, apenas 8 bilionários chegaram a nota máxima, o que significa que doaram 20% ou mais de sua fortuna. A cifra representa uma queda em relação ao ano passado, quando o número foi de dez pessoas.

A maior parte dos analisados recebeu nota um, o que significa que doou menos de 1% de seu patrimônio, ou foi classificada como N/A. O número de pessoas com essa nota subiu de 127 para 156 entre 2020 e 2021.

*

VEJA O RANKING COMPLETO

Nota 1 (Doaram menos de 1% de suas fortunas)

Jeff Bezos, Elon Musk (presidente da Tesla) e outras 154 pessoas

Nota 2 (Doaram de 1% a 4,99% de suas fortunas)

Mark Zuckerberg (cofundador do Facebook) Phil Knight (cofundador da Nike) e outras 114 pessoas

Nota 3 (Doaram de 5% a 9,99% de suas fortunas)

Pierre Omidyar (fundador do eBay) Jim Simons (gestor de fundos) e mais 42 pessoas

Nota 4 (Doaram de 10% a 19,99% de suas fortunas)

MacKenzie Scott, Michael Bloomberg (ex-prefeito de Nova York) Bill Gates e Melinda French Gates e outras sete pessoas

Nota 5 (Doaram 20% ou mais de suas fortunas)

Warren Buffett, George Soros, Gordon Moore, Julian Robertson Jr., Amos Hostetter Jr., Lynn Schusterman, John Arnold e T. Denny Sanford

To Top