China promete incluir biodiversidade em planos econômicos em início de conversas da ONU
Asia

China promete incluir biodiversidade em planos econômicos em início de conversas da ONU

China promete incluir biodiversidade em planos econômicos em início de conversas da ONU

Por David Stanway

KUNMING, China (Reuters) – A China incorporará a proteção da biodiversidade em planos de desenvolvimento em todas as regiões e setores, disse o vice-primeiro-ministro Han Zheng nesta segunda-feira na abertura das conversas da Organização das Nações Unidas (ONU) que visam obter avanços em um acordo global para deter a extinção em massa.

Elizabeth Maruma Mrema, secretária-executiva da Convenção das Nações Unidas para a Proteção Biológica, disse na abertura da reunião na cidade de Kunming que o mundo chegou a um “momento da verdade” quando se trata de proteger seus ecossistemas.

A China promete fazer da proteção da natureza uma prioridade depois que décadas de desenvolvimento e urbanização rápidos devastaram ecossistemas, colocaram dezenas de espécies à beira da extinção e elevaram o risco de doenças zoonóticas letais, como a Covid-19.

Após uma cerimônia de abertura que contou com uma apresentação musical de uma minoria étnica e um filme louvando a migração segura de 15 elefantes asiáticos através do sudoeste chinês neste ano, Han disse que a China “fará com que suas espécies e recursos ecológicos importantes sejam totalmente protegidos”.

“Formularemos uma estratégia nacional de proteção da biodiversidade e um plano de ação para a nova era, incorporaremos a proteção da biodiversidade em planos de desenvolvimento de médio e longo prazo para todas as regiões e setores como uma tarefa importante”, disse ele.

Especialistas temem o impacto ambiental das ambições econômicas da China em todo o mundo.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9A0W6-BASEIMAGE

To Top