Alcolumbre reage a pressão no dia em que indicação ao STF completa 3 meses travada no Senado
Últimas Notícias

Alcolumbre reage a pressão no dia em que indicação ao STF completa 3 meses travada no Senado

portalmixvalegoogle

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), reagiu nesta quarta-feira (13) à pressão para pautar a sabatina de André Mendonça para uma vaga no STF (Supremo Tribunal Federal).

Alcolumbre se posicionou sobre o assunto pela primeira vez, divulgando uma nota pública, no mesmo dia em que o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirma que ele estaria “jogando fora das quatro linhas da Constituição”.

A indicação de Mendonça foi feita há três meses, mas segue emperrada no Senado.

Em sua nota, Alcolumbre também menciona indiretamente a pressão que vem sofrendo dos evangélicos.

“Querem transformar a legítima autonomia do presidente da CCJ em ato político e guerra religiosa”, afirma o texto.

“Reafirmo que não aceitarei ser ameaçado, intimidado, perseguido ou chantageado com o aval ou a participação de quem quer que seja”, diz.

To Top