INSS: Auxílio-doença com diferenças serão quitadas
Benefícios

INSS: Auxílio-doença com diferenças serão quitadas

Pente-fino do INSS em 15 pontos principais

INSS: Auxílio-doença com diferenças serão quitadas A psicanalista Kátia Ferraz e Lima, 56 anos, moradora de Pinheiros (zona oeste), teve quatro afastamentos do trabalho durante o ano passado. Ela ainda não recebeu a diferença entre o valor pago pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e a quantia a que tinha direito, no valor de R$ 2.680,47, referente ao último afastamento, de novembro a dezembro de 2020.

Ao longo de 2020, por causa da pandemia de Covid-19, o INSS estava antecipando o pagamento do auxílio-doença antes da perícia para os segurados que enviassem, pela internet, os laudos médicos que comprovassem a doença que motivou o afastamento.

A quantia paga a título de antecipação era no valor de um salário mínimo (à época de R$ 1.045 e, em 2021, está em R$ 1.100).

Posteriormente, caso o beneficiário tivesse direito a um valor maior do que o recebido, o INSS pagaria a diferença. Kátia, entretanto, só recebeu a diferença relativa aos outros três afastamentos. Para o último, ainda não. “Já mandaram uma carta confirmando o pagamento, mas ainda não recebi.”

Ela conta que chegou a ligar para o INSS, pelo telefone e que foi informada de que houve um problema interno no processamento do benefício. Ela diz ainda que a pessoa que atendeu a orientou que só poderia fazer outro pedido depois de 30 dias.

Sem receber a grana, Kátia faz críticas ao INSS. “É complicado precisar daquele dinheiro e não ter acesso. Tudo eles dizem para esperar, como se o dinheiro estivesse caindo solto.”

Valor está em processamento

Em nota enviada ao Agora, o INSS informou que “o valor devido foi autorizado e está em processamento para liberação”. Procurada novamente, Kátia afirmou que tentou sacar o dinheiro nesta sexta-feira (6), mas que não conseguiu.

O INSS afirma que a segurada pode consultar as informações sobre o andamento do pedido na plataforma Meu INSS, também disponível para aplicativo de celular, ou pelo telefone 135.

To Top