Auxílio Emergencial com saques e transferências da 6ª parcela no Cadastro Único
Auxílio Emergencial

Auxílio Emergencial com saques e transferências da 6ª parcela no Cadastro Único

Auxílio emergencial

Auxílio Emergencial com saques e transferências da 6ª parcela no Cadastro Único Pagamentos terminaram no último dia 3. Sétima – e última – parcela começará a ser paga em 18 de outubro aos trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, e dia 20 de outubro para demais.

A Caixa Econômica Federal (Caixa) libera nesta quarta-feira (13) os saques e transferências da sexta parcela do Auxílio Emergencial para os trabalhadores que não fazem parte do Bolsa Família nascidos em julho.

Os recursos foram depositados em poupança social digital da Caixa no dia 28 de setembro, e já estavam disponíveis para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual.

A Caixa terminou os pagamentos da sexta parcela para todos os públicos no último dia 3. Já a sétima – e última – parcela começará a ser paga em 18 de outubro aos trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, e dia 20 de outubro para os demais.

00:00/00:00

Auxílio emergencial 2021: regras da prorrogação

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial, pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/

VEJA QUEM PODE SACAR A PARTIR DESTA QUARTA:

  • trabalhadores que não fazem parte do Bolsa Família, nascidos em julho

A Caixa lembra que os recursos também podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem e na rede lotérica de todo o país.

Como realizar o saque

Para sacar o dinheiro, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”.

Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

O código deve ser utilizado para saque em dinheiro nas agências, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

As agências da Caixa abrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Não é preciso madrugar ou chegar antes do horário de abertura. Todas as pessoas que procurarem atendimento durante o horário de funcionamento serão atendidas.

Continua disponível aos beneficiários a opção de utilização dos recursos creditados na poupança social digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

Com o aplicativo Caixa Tem, também está disponível a funcionalidade para pagamentos sem cartão nas cerca de 13 mil unidades lotéricas do banco.

Calendários de pagamento

Segundo o governo, o novo calendário é o definitivo. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a ideia é não mais prorrogar o benefício após o pagamento da sétima parcela. Fonte: G1

To Top