Policiais de SP fazem ato nesta sexta (15) por reajuste salarial
Últimas Notícias

Policiais de SP fazem ato nesta sexta (15) por reajuste salarial

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Policiais do estado de São Paulo fazem manifestação nesta sexta-feira (15), a partir das 10h, pelo reajuste salarial. O ato unificado, marcado no Batalhão da Rota, no Centro, marca o início da campanha salarial da categoria, que segue até dezembro, quando o governo estadual deve apresentar o Orçamento prevendo ou não a reposição nos salários.

A previsão é que entidades representantes de oficiais, cabos e soldados e pensionistas da PM (Polícia Militar), delegados, investigadores e escrivães da Polícia Civil, Polícia Penal e peritos da Técnico-Científica participem da manifestação.

Ainda que o ato seja concentrado na capital paulista, a expectativa é que ocorra manifestações em todo o estado com a ajuda de associações e sindicatos que possuem sedes no interior e no litoral.

Trata-se de uma ação unificada, portanto, a reivindicação de aumento dos salários não é homogênea, dependendo da realidade de cada uma das polícias. O Agora apurou que o documento com as principais reivindicações está sendo elaborado e deve ser enviado ao Palácio dos Bandeirantes nos próximos dias.

“Todas as polícias estarão unidas por salários compatíveis e por condições de trabalho para oferecer para a população paulista a segurança pública que ela merece”, assinala Raquel Kobashi Gallinati, presidente do Sindpesp (Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo).

Segundo a entidade, o governo de João Doria (PSDB) prometeu que a Polícia Civil paulista seria a mais bem paga do Brasil, no entanto, os agentes recebem os piores salários do país.

Exemplo é que um delegado em São Paulo ganha R$ 10.382,48, enquanto o mesmo profissional recebe R$ 24.451,11 no Mato Grosso, estado com a maior remuneração, de acordo com pesquisa do Sindpesp.

A reportagem questionou a SSP (Secretaria de Segurança Pública) e aguarda um retorno.

To Top