Últimas Notícias

TNT exibe show de Zeca Pagodinho feito em SP: ‘História longa com a cidade’

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Conhecido por gostar de tomar uma boa cervejinha com os amigos, o sambista Zeca Pagodinho, 62 anos, não vê a hora de voltar ao normal de antes da pandemia para retomar os velhos hábitos. E o cantor vai poder celebrar o reencontro com o público em show exclusivo gravado para o canal TNT, na Casa de Francisca, tradicional palco musical na Sé, no centro histórico de São Paulo, com reabertura do espaço ao público.

Com direção de direção de Luan Kardoso, o show –transmitido neste domingo (7), às 21h30, na TNT e no YouTube do canal pago–, marca o reencontro do cantor com os Batuqueiros e Sua Gente, grupo que mantém as tradições das rodas de samba.

“Foi bem bacana, rapaziada boa, competente, músicos profissionais”, afirma Zeca Pagodinho em entrevista ao Agora, sobre a reunião com os músicos.

Zeca Pagodinho está animado com o retorno gradativo aos palcos e cita o show “Zeca Pagodinho Mais Feliz”, que ele fará em São Paulo na próxima sexta-feira (12), no Espaço das Américas, na Barra Funda (zona oeste de São Paulo).

“Vou ver [como será] agora, o primeiro show será esse no Espaço das Américas. Vai ser bacana voltar a cantar com público, não vejo a hora.”

O encontro com a audiência paulista após um ano e oito meses deixa o cantor bem à vontade. “Sempre fui muito bem recebido em São Paulo, tenho uma história longa com a cidade. No começo da carreira vim pra cá para ficar uma semana e fiquei mais de um ano”, afirma.

E o artista prossegue. “Graças a Deus, sou bem recebido não só em São Paulo, mas também no Brasil inteiro.”

PLANOS PARA 2022

O sambista fala, ainda, de seus planos para 2022, ano para o qual demonstra muito entusiasmo.

“Cantar por este país afora, cantar em Portugal, onde tenho shows em fevereiro. E, ainda, jogar conversa fora com amigos, rezar para a gente se livrar de vez desta doença e curtir a vida com alegria e com gente por perto.”

O cantor encerra fazendo uma saudação aos meses que virão, de muita esperança e com a pandemia de coronavírus mais controlada graças à vacinação.

“Desejo muita saúde, alegria e muito samba pra todos”, afirma o cantor que chegou a ser internado com Covid-19 em agosto deste ano.

To Top