Receita abre hoje consulta a novo lote residual de restituição do Imposto de Renda
Benefícios

Receita abre hoje consulta a novo lote residual de restituição do Imposto de Renda

Imposto de Renda, IRPF, IR, IR 2020, RECEITA FEDERAL

Receita abre hoje consulta a novo lote residual de restituição do Imposto de Renda A Receita Federal abriu hoje a consulta do lote residual de restituição do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) do mês de novembro de 2021.

Serão contemplados 260.412 contribuintes, sendo que o crédito bancário deste lote será realizado no dia 30 de novembro. Segundo a Receita, serão contempladas também restituições residuais de exercícios anteriores.

O valor total do crédito é de R$ 450 milhões. Desse total, R$ 179.055.455,43 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 4.623 contribuintes idosos acima de 80 anos, 37.928 contribuintes entre 60 e 79 anos, 3.751 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 14.442 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.
Segundo a Receita, ainda foram contemplados ainda 199.668 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 9 de novembro.

A consulta para saber se a restituição está disponível está aberta na página da Receita na internet. É preciso selecionar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. Fonte: Economia Uol

Consultar CPF

Consultar CPF O que é? O Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) é um banco de dados gerenciado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, que armazena informações cadastrais de contribuintes obrigados à inscrição no CPF, ou de cidadãos que se inscreveram voluntariamente.
Através deste serviço você pode:

Consultar as informações que constam no seu Cadastro de Pessoas Físicas (CPF)

Consultar a situação cadastral do seu CPF;

Emitir o comprovante da situação cadastral; ou

Confirmar a autenticidade de comprovante de CPF.

Quem pode utilizar este serviço?

Cidadão brasileiro; e

Cidadão estrangeiro, residente no país ou em trânsito.
A pessoa precisa estar inscrita no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).Alguns sistemas no Portal e-CAC dependem de acesso por certificado digital.
Clique aqui para saber mais sobre certificados digitais.

Etapas para a realização deste serviço

Consultar cadastro de pessoas físicas (CPF)Acesse o sistema e informe seus dados pessoais quando for solicitado.
CANAIS DE PRESTAÇÃO   
Aplicativo móvel :  CPF Digital (Apple Store)   
Aplicativo móvel :  CPF Digital (Google Play)   
Web :  Consultar informações cadastrais (Portal e-CAC)   
Web :  Consultar situação cadastral no CPF   
Web :  Confirmar autenticidade do CPF
TEMPO DE DURAÇÃO DA ETAPA
Atendimento imediato

Outras Informações
Quanto tempo leva?
Atendimento imediato
Informações adicionais ao tempo estimado
Este serviço é gratuito para o cidadão.

Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato
Mais informações sobre CPF:
Como solicitar serviços de CPF por e-mail
Orientações sobre Cadastro de Pessoas Físicas (CPF)

Fale com nossos atendentes:
Chat RFB
Fale Conosco
Este é um serviço do(a) Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contatá-lo.

Legislação

Instrução Normativa RFB nº 1.548/2015
Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento
O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:

Urbanidade;

Respeito;

Acessibilidade;

Cortesia;

Presunção da boa-fé do usuário;

Igualdade;

Eficiência;

Segurança; e

Ética
Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento
O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.
Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário
Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000.

To Top