Bandidos usam oferta tentadora de emprego para aplicar golpes em trabalhadores
Benefícios

Bandidos usam oferta tentadora de emprego para aplicar golpes em trabalhadores

carteira trabalho

Bandidos usam oferta tentadora de emprego para aplicar golpes em trabalhadores Valéria Lobato, de São Luís do Maranhão, caiu no golpe do falso emprego. Ela conta ao Fantástico que entrou no Linkedin, uma rede social especializada em contatos profissionais, em busca de trabalho.

“Eu fiz o meu cadastro e comecei a disparar currículo por lá, por várias empresas, e uma delas foi a do golpe”, conta Valéria.

A suposta empresa entrou em contato com a Valéria oferecendo uma vaga com salário de R$ 14,6 mil mais remuneração variável.

“É um indício de golpe, porque ninguém costuma oferecer os salários sem fazer uma avaliação mais profunda do candidato que tem à sua frente”, afirma Paulo Sardinha, presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos.

Valéria conta que passou a falar com um homem ao telefone, que se apresentou como responsável pela área de recursos humanos e disse que a tal empresa procurava candidatos que tivessem feito cursos de capacitação em áreas como gestão e normas técnicas. Os golpistas começaram a mandar listas de cursos para ela.

“O que é comum é a empresa depois de contratar providenciar, inclusive pagar os cursos, para melhor qualificar aquelas pessoas”, explica Sardinha.

Chegou o momento da entrevista remota. Terminada a farsa da entrevista, uma mulher que se dizia secretária-executiva enviou mensagens sobre curso que Valéria deveria fazer. Ela pagou pelo suposto curso.

Os golpistas pediram um novo pagamento. Foi aí que Valéria começou a desconfiar que era um golpe e foi à polícia. Fonte G1

To Top