Inflação no México supera projeções e vai a máxima em 2 décadas
Central America

Inflação no México supera projeções e vai a máxima em 2 décadas

Inflação no México supera projeções e vai a máxima em 2 décadas

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) – A inflação mexicana anual acelerou mais do que o esperado na primeira quinzena de novembro, para mais de 7%, a taxa mais alta em mais de 20 anos, segundo dados oficiais divulgados nesta quarta-feira, aumentando a pressão sobre o banco central local para que aperte ainda mais a política monetária.

Números da agência nacional de estatísticas Inegi mostraram que a inflação no início de novembro foi de 7,05%, superando previsão em pesquisa da Reuters de leitura de 6,87%. Esse foi a alta mais acentuada dos preços desde a segunda quinzena de abril de 2001, mostraram os dados.

A inflação foi de 6,36% na segunda quinzena do mês passado.

O objetivo de inflação do banco central mexicano é de taxa de 3%, com margem de tolerância de 1 ponto percentual para mais ou para menos.

(Por Dave Graham e Miguel Angel Gutierrez)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHAN0MW-BASEIMAGE

To Top