O que é necessário para fazer a marcação de perícia médica no INSS?
Benefícios

O que é necessário para fazer a marcação de perícia médica no INSS?

PERÍCIA MÉDICA DO INSS: 3 DICAS INDISPENSÁVEIS

O que é necessário para fazer a marcação de perícia médica no INSS? Quem pode marcar Perícia Médica no INSS Serviço para pedir:

  • auxílio-doença (benefício por incapacidade temporária) para quem precisa se afastar do trabalho por motivo de doença ou acidente);
  • continuação (prorrogação) do auxílio-doença;
  • perícia domiciliar ou hospitalar.

ATENÇÃO:
Caso o segurado não possa ir à perícia médica no dia e hora agendados, ele pode remarcar a perícia.

Quem pode utilizar este serviço?

Pessoa que esteja doente e incapaz para o trabalho.

Pedir o serviço

  • Faça login no Meu INSS;
  • Clique em “Do que você precisa?” e escreva “Agendar Perícia”.
  • Escolha entre “Perícia Inicial” se for a primeira vez, ou “Perícia de Prorrogação” se já estiver em benefício;
  • Clique em “Atualizar”;
  • Confira ou altere seus dados de contato e depois clique em “Avançar”;
  • Informe os dados necessários para concluir o seu pedido.

Documentação em comum para todos os casos

  • Número do CPF

INSS: como solicitar o Auxílio-Acidente

INSS: como solicitar o Auxílio-Acidente Benefício para a pessoa que sofrer um acidente e apresentar sequelas definitivas que diminuam a sua capacidade para o trabalho. Essa situação é avaliada pela perícia médica do INSS.

Este benefício não impede a pessoa de continuar trabalhando, visto que trata-se de uma indenização.

Para outras informações, acesse: https://www.gov.br/inss/pt-br/saiba-mais/auxilios/auxilio-acidente

Quem pode utilizar este serviço?

Segurado empregado (inclusive o doméstico), o trabalhador avulso e o segurado especial. 

Documentos para solicitação

Documentação em comum para todos os casos

  • Obrigatória
    • Número do CPF; Se for solicitada:
    • Procuração ou termo de representação legal (tutela, curatela, termo de guarda);
    • Documentos médicos que comprovem a diminuição da capacidade para o trabalho para análise da perícia médica do INSS.

O que é preciso para registrar Comunicação de Acidente de Trabalho – CAT no INSS

Serviço para o trabalhador(a) ou a empresa comunicar um acidente de trabalho ou de trajeto, bem como uma doença ocupacional. O documento pode ser usado em outros órgãos além do INSS.

Este pedido é realizado totalmente pela internet, você não precisa ir ao INSS, a não ser quando chamado para alguma comprovação.

Para outras informações, acesse: https://www.gov.br/inss/pt-br/saiba-mais/auxilios/comunicacao-de-acidente-de-trabalho-cat

ATENÇÃO: A empresa onde o empregado acidentado  trabalha é obrigada a informar o acidente até o dia útil seguinte. Caso o acidente resulte em morte, a comunicação deve ser imediata.

Quem pode utilizar este serviço?

Empresa onde trabalha a pessoa vítima do acidente de trabalho ou de trajeto.

Caso a empresa não cumpra com esta obrigação, podem registrar a CAT:

• O próprio trabalhador(a);

• Dependentes do(a) empregado(a);

• Entidades sindicais;

• Médicos(a);

• Autoridades Públicas.

Preencher e enviar o Formulário de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT)

  • Acesse o formulário;
  • Escolha o tipo de CAT;
  • Informe os dados necessários para concluir o seu pedido.

Documentação em comum para todos os casos

  • Informações do empregador (Razão social ou nome, tipo e número do documento, CNAE, Endereço, CEP e Telefone);
  • Informações do empregado acidentado (dados pessoais, salário, número da Carteira de Trabalho, Identidade, NIT/PIS/PASEP, Endereço, CEP, Telefone, CBO e área);
  • Dados sobre o acidente;
  • Dados sobre ocorrência policial, se houver;

Saiba como solicitar Extrato de Contribuição (CNIS) no INSS

Saiba como solicitar Extrato de Contribuição (CNIS) no INSS Serviço para pedir o documento que mostra todas as contribuições previdenciárias registradas no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), em nome da pessoa.

Informa também:

  • nome do empregador;
  • o período trabalhado;
  • a remuneração/ salário recebido; e
  • as contribuições realizadas em Guia da Previdência Social (GPS), por conta própria ou como prestador de serviço.

Pedido pelo aplicativo ou site do Meu INSS: o documento sai na hora.

 Com agendamento na Agência: o documento será entregue ao final do atendimento.

 Em caso de dúvidas, ligue para a Central 135.

Quanto tempo leva? Em média 30 minuto(s) é o tempo estimado para a prestação deste serviço.
Este serviço é gratuito para o cidadão.

Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

Em caso de dúvidas, ligue para a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135.

O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília).

Fonte www.gov.br

To Top