Bolsonaro diz que não pode resolver alta do dólar "na canetada"
Brasil

Bolsonaro diz que não pode resolver alta do dólar “na canetada”

Bolsonaro diz que não pode resolver alta do dólar "na canetada"

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que sofre pressão por conta da alta do dólar e do impacto no preço dos combustíveis, mas ressaltou que não pode resolver a situação “na canetada”.

Ao voltar a reclamar da repercussão internacional negativa de seu governo, principalmente em relação à política ambiental, Bolsonaro argumentou que isso afugenta o investimento externo do Brasil.

“Essas pessoas se gabam de criticar o seu país”, disse o presidente na tradicional transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais.

“E quando investidores fogem, isso tem reflexo no preço do dólar, né. O pessoal quer que baixe o dólar na canetada… e tem reflexo no preço do combustível. Isso é uma outra história, é uma bola de neve”, afirmou.

Bolsonaro também aproveitou a live e o tema ambiental para adiantar que pretende conversar com a Caixa Econômica Federal para tratar de uma possível linha de crédito para a instalação de placas fotovoltáicas em residências.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHAO0Y3-BASEIMAGE

To Top