Secretário de Esporte deixa Prefeitura de SP para presidir partido de Moro no estado
Últimas Notícias

Secretário de Esporte deixa Prefeitura de SP para presidir partido de Moro no estado

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Thiago Milhim, secretário de Esporte da gestão Ricardo Nunes (MDB), deixou o comando da pasta. Sua exoneração foi oficializada na edição desta sexta-feira (7) do Diário Oficial do município.

Ele assumiu o comando da pasta de primeiro escalação em dezembro de 2020, após as passagens de Maurício Landim (PP), Jorge Damião, João Farias (Republicanos) e Carlos Bezerra Júnior (PSDB).

Milhim diz que recebeu convite da deputada Renata Abreu, presidente do Podemos, para se tornar presidente do diretório paulista da legenda. O ex-secretário também é vice-presidente nacional da sigla.

“Tive essa convocação partidária para estar à frente do partido no estado de SP. E teremos candidaturas a governo, Senado, deputados estaduais e federais. E temos a candidatura do doutor Sergio Moro. É o maior e mais importante estado da federação”, afirma Milhim à coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

No estado, Milhim deverá ter atenção especial às candidaturas relacionadas ao MBL, cujos integrantes estão em negociações avançadas para migrar para o Podemos. O deputado Arthur do Val, atualmente no Patriota, deverá ser o candidato a governador.

Milhim diz que Nunes é um grande gestor e compreendeu sua necessidade de deixar o cargo. O prefeito afirmou à coluna que ainda não escolheu um substituto.

Carlos Vianna, chefe de gabinete, responderá pela pasta interinamente.

To Top