Wall Street recua com grandes nomes de tecnologia ampliando queda
Economia

Wall Street recua com grandes nomes de tecnologia ampliando queda

Wall Street recua com grandes nomes de tecnologia ampliando queda

Os principais índices de Wall Street caíam nesta segunda-feira, uma vez que as ações de grandes nomes de tecnologia recuavam em meio às expectativas de juros mais altos, o que impulsionou os rendimentos dos Treasuries a novas máximas de dois anos e apoiava os bancos.

Empresas de megacapitalização, como Apple, Amazon.com, Microsoft, Meta Platforms e Tesla, caíam entre 2,1% e 4,4%.

Os setores de consumo não essencial, tecnologia e serviços de comunicação do S&P 500, que englobam importantes empresas de crescimento, tinham a maior queda entre os 11 principais setores do índice.

O índice de bancos, orientados para valor, tocou um novo pico recorde antes de passar a recuar.

O S&P 500 e o Nasdaq caminhavam rumo ao quinto dia seguido de declínio, na esteira de queda nas ações de crescimento na primeira semana de 2022, após investidores começarem a recalibrar suas carteiras para considerar um Federal Reserve mais “hawkish” (duro com a inflação).

O Goldman Sachs projeta que o Fed elevará os juros quatro vezes em 2022, em comparação com sua previsão anterior de três, e iniciará o processo de redução do tamanho de seu balanço já em julho.

Às 13h16 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,32%, a 35.752,33 pontos. O S&P 500 recuava 1,83%, a 4.591,60 pontos, enquanto o Nasdaq perdia 2,52%, a 14.559,52 pontos.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI090K2-BASEIMAGE

To Top